DIÁLOGOS INTERDISCIPLINARES NO COTIDIANO DA ESCOLA: VIVÊNCIAS NO DESENVOLVIMENTO DE UM PROJETO DO PROGRAMA OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO NO AMAZONAS

  • Amarildo Gonzaga
  • Eduardo Segura
  • Rosa Azevedo

Resumo

Resumo: Investigação que objetiva identificar perspectivas interdisciplinares entre os campos da Língua Portuguesa, da Matemática e das Ciências Naturais, oriundas de vivências e experiências de professores do 9º ano da Educação Básica, participantes de um projeto vinculado ao Programa Observatório da Educação/Capes, executado em uma escola pública estadual da cidade de Manaus, no Amazonas. O percurso metodológico ancorou-se na abordagem qualitativa, por meio da análise dos indicadores da Prova Brasil, do diagnóstico da escola e dos relatórios gerados pelos professores sujeitos da investigação, e também das entrevistas feitas com esses professores. Evidenciou-se que experiências interdisciplinares ainda precisam superar vários desafios, como a dificuldade que tanto os professores quanto os alunos possuem em conceber a ―cultura interdisciplinar‖, por ainda estarem envolvidos em processos de ensino que se centram em uma lógica pragmática e sistematizadora; a limitação na compreensão do processo epistemológico que precisa ser utilizado para legitimar a interdisciplinaridade.

Publicado
2017-05-02
Como Citar
GONZAGA, Amarildo; SEGURA, Eduardo; AZEVEDO, Rosa. DIÁLOGOS INTERDISCIPLINARES NO COTIDIANO DA ESCOLA: VIVÊNCIAS NO DESENVOLVIMENTO DE UM PROJETO DO PROGRAMA OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO NO AMAZONAS. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, [S.l.], v. 7, n. 12, p. 01-09, maio 2017. ISSN 1984-7505. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/arete/article/view/86>. Acesso em: 05 dez. 2019.
Seção
Artigos