O USO DAS REDES SOCIAIS COMO RECURSO PEDAGÓGICO FACILITADOR DAS PRÁTICAS DE LEITURA

  • Erick Almeida
  • Amarildo Gonzaga

Resumo

Investigação sobre a dinâmica do ensino-aprendizagem nas redes sociais virtuais, a partir da aplicação de oficinas de leitura. Busca-se conhecer em que condições os contextos virtuais auxiliam nas formas de aprendizagem, principalmente aqueles que oportunizem práticas de leitura em ambiente virtuais. As bases teóricas que embasam o percurso investigativo sustentam-se em abordagens sobre as redes sociais e as formas de aprendizagem em rede. Para tanto, como referências básicas utilizamos Ricotta (2013); Hall (2012); e, Miranda (2011). No que tange ao percurso metodológico, parte-se de uma abordagem qualitativa que visou descrever as ações usadas nesse processo a fim de entender em que e como esses ambientes podem favorecer as práticas de leitura. Consoante às técnicas, utilizou-se o questionário, a observação e as oficinas. Enquanto resultados, percebe-se, a partir das falas dos sujeitos, que os tipos de ambiente em enfoque podem ser empregados como facilitadores dessas práticas, principalmente, quando usados de forma planejada e aberta a serem conduzidas pelos interesses dos alunos, já que estes espaços têm sido bastante usados em virtude dos recursos oferecidos por elas.

Publicado
2017-05-02
Como Citar
ALMEIDA, Erick; GONZAGA, Amarildo. O USO DAS REDES SOCIAIS COMO RECURSO PEDAGÓGICO FACILITADOR DAS PRÁTICAS DE LEITURA. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, [S.l.], v. 7, n. 12, p. 89-108, maio 2017. ISSN 1984-7505. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/arete/article/view/93>. Acesso em: 06 dez. 2019.
Seção
Artigos