A INTERFACE CURRÍCULO-EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS A PARTIR DE NARRATIVAS DE PROFESSORES EM FORMAÇÃO CONTINUADA NA AMAZÔNIA

  • Simone Silva
  • Mateus Coelho Filho
  • Amarildo Gonzaga

Resumo

O presente estudo busca compreender o sentido dado ao Currículo e à Educação em Ciências na Amazônia, a partir de narrativas de professores em um processo de formação continuada no Mestrado Acadêmico do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências na Amazônia. A opção de trabalhar com as narrativas justifica-se pelo movimento que a pesquisa com narrativa de professores pode proporcionar um (re) pensar sobre o processo de formação continuada em sua ligação com a própria prática, considerando serem recém-ingressantes no Ensino Superior que integram o Núcleo de Estudos e Pesquisa em Educação Científica de Parintins. Assume um enfoque de abordagem qualitativo e fundamenta-se em Cachapuz (2004 e 2005), Chassot (2003), Delizoicov (2004), Delizoicov, Angotti & Pernambuco (2011), Nardi (2007) e Carvalho & Gil-Pérez (2011) que têm realizado estudos na área da Educação em Ciências no Brasil. Reflete ainda acerca dos contextos, desafios e possibilidades no processo de formação de professores de ciências, no ato de educar cidadãos cientificamente cultos no Baixo Amazonas. Na pesquisa evidencia-se a condição de protagonistas daqueles sujeitos, capazes de (re) construírem uma nova identidade, para efeito de se contribuir na legitimação de um paradigma que possa, efetivamente, evidenciar uma educação a partir e para a cidadania, através da ciência.

Publicado
2017-04-24
Como Citar
SILVA, Simone; COELHO FILHO, Mateus; GONZAGA, Amarildo. A INTERFACE CURRÍCULO-EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS A PARTIR DE NARRATIVAS DE PROFESSORES EM FORMAÇÃO CONTINUADA NA AMAZÔNIA. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, [S.l.], v. 4, n. 7, p. 65-79, abr. 2017. ISSN 1984-7505. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/arete/article/view/24>. Acesso em: 05 dez. 2019.
Seção
Artigos