CONTRIBUIÇÕES DO JOGO DIDÁTICO NO ENSINO DE EMBRIOLOGIA

  • Luana Casas
  • Rosa Azevedo

Resumo

Os materiais didáticos são meios necessários para o processo ensino-aprendizagem e os jogos didáticos tornam-se uma alternativa lúdica para auxiliar neste processo. Com base nessa visão, neste trabalho apresenta-se a confecção, aplicação e análise de um jogo didático com o objetivo de colaborar na compreensão e aprendizagem do conteúdo de embriologia, mais especificamente o desenvolvimento embrionário humano. O jogo foi elaborado utilizando-se materiais de baixo custo, tais como isopor, tinta guache e massa de modelar caseira. Após a confecção do jogo, procedeu-se a sua aplicação em uma turma do 2º ano do Ensino Médio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas – IFAM. A partir da aplicação, os resultados evidenciaram que a maioria dos alunos aprendeu os conceitos básicos do desenvolvimento embrionário humano, pois evidenciaram que os materiais utilizados na fabricação do material oportunizaram a visualização correspondente à fase embrionária estudada. Isso permite afirmar que a utilização de jogos didáticos pode contribuir para otimizar o processo ensino-aprendizagem em Ciências, possibilitando uma participação intensa dos alunos nas atividades propostas.

Publicado
2017-04-24
Como Citar
CASAS, Luana; AZEVEDO, Rosa. CONTRIBUIÇÕES DO JOGO DIDÁTICO NO ENSINO DE EMBRIOLOGIA. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, [S.l.], v. 4, n. 6, p. 80-91, abr. 2017. ISSN 1984-7505. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/arete/article/view/17>. Acesso em: 17 out. 2019.
Seção
Artigos