PROCESSOS DE EDUCAÇÃO CIENTÍFICA A PARTIR DE ATIVIDADES DE CONSERVAÇÃO DE QUELÔNIOS AMAZÔNICOS EM COMUNIDADES RIBEIRINHAS DO BAIXO AMAZONAS

  • David Silva
  • Augusto Terán
  • Carmen Jacaúna

Resumo

Projetos de conservação de quelônios aquáticos do gênero Podocnemis existem em diferentes locais da Amazônia. Dentre eles está o Projeto “Pé-de-pincha” executado no Medio-Baixo Amazonas, como o apoio do Projeto Pró-Várzea, atingindo 7 municípios e 86 comunidades. Centra-se em avaliações anuais sobre a população e reprodução da espécie, que são feitas pelos coordenadores do projeto com apoio dos comunitários, professores e estudantes das escolas municipais, produzindo informações sobre a preservação e conservação do “Tracajá” Podocnemis unifilis, “Iaçá” P. sextuberculata e “Tartaruga-da-Amazônia" P. expansa. A pesquisa utilizará elementos qualitativo e quantitativo e a descrição das relações entre projeto-comunidade-escola-ensino de ciências, para efeito de construção de uma proposta baseada no projeto de conservação comunitária no ensino de ciência.

Publicado
2017-04-24
Como Citar
SILVA, David; TERÁN, Augusto; JACAÚNA, Carmen. PROCESSOS DE EDUCAÇÃO CIENTÍFICA A PARTIR DE ATIVIDADES DE CONSERVAÇÃO DE QUELÔNIOS AMAZÔNICOS EM COMUNIDADES RIBEIRINHAS DO BAIXO AMAZONAS. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, [S.l.], v. 4, n. 6, p. 71-79, abr. 2017. ISSN 1984-7505. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/arete/article/view/16>. Acesso em: 12 ago. 2020.
Seção
Artigos