REFLEXÕES SOBRE AS CONCEPÇÕES DE CIÊNCIAS E CONHECIMENTOS/SABERES TRADICIONAIS INDÍGENAS DOS OMÁGUA/KAMBEBA

  • Núbia Breves
  • Dalva Mota
  • Roberto Sobrinho

Resumo

Esse artigo apresenta parte da pesquisa de mestrado, “Conhecimento Omágua/Kambeba e a Educação em Ciências: um estudo na Escola Municipal Três Unidos – Aua Kambeba no rio Cuieiras, Baixo Rio Negro”. Este recorte tem a finalidade de apresentar reflexões teóricas sobre as relações entre as concepções de ciências, conhecimento tradicional e as práticas pedagógicas próprias dos povos indígenas para repassar seus respectivos conhecimentos, nesse caso, os saberes do povo Omágua/Kambeba. Essa discussão inicia-se ao ser observado o processo de ensino-aprendizagem no ensino de ciências, considerando a visão de construção e complexidade do conhecimento e do espírito científico dentro do contexto étnico. A escolha dessa temática para pesquisa ocorreu a partir da ação educativa em escolas públicas, buscando destacar a diversidade étnica no contexto amazônico, aprofundando, assim, a construção de conhecimento sobre o universo indígena e seus respectivos processos próprios de aprendizagem. Essa experiência foi fortalecida teoricamente com os estudos no Programa de Mestrado em Educação em Ensino de Ciências na Amazônia - Universidade Estadual do Amazonas-UEA, pelos quais se percebeu a necessidade da articulação entre a discussão sobre as concepções de ciência, cientificismo, conhecimentos/saberes tradicionais indígenas.

Publicado
2017-04-25
Como Citar
BREVES, Núbia; MOTA, Dalva; SOBRINHO, Roberto. REFLEXÕES SOBRE AS CONCEPÇÕES DE CIÊNCIAS E CONHECIMENTOS/SABERES TRADICIONAIS INDÍGENAS DOS OMÁGUA/KAMBEBA. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, [S.l.], v. 6, n. 11, p. 123-136, abr. 2017. ISSN 1984-7505. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/arete/article/view/77>. Acesso em: 13 dez. 2019.
Seção
Artigos