ANÁLISE DO LIVRO DIDÁTICO DIGITAL EM LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS, PROJETO PITANGUÁ: CIÊNCIAS COM ESTUDANTES SURDOS / Analysis of the Digital Book in Brazilian Signals Language, Pitanguá Project: Science for Deaf Students

  • Leila Bezerra Bonfim
  • Josias Ferreira da Silva
  • Zildonei de Vasconcelos Freitas
  • Márcia Helena Maia de Lima
  • Marlene Schlup Santos

Resumo

Este artigo tem como objetivo realizar uma análise preliminar acerca do Livro Didático Digital em Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS, Projeto Pitanguá: Ciências com estudantes surdos, do centro de atendimento às pessoas com surdez do Estado de Roraima – CAS/RR, utilizou-se a concepção teórica de David P. Ausubel (1982) para elencar alguns aspectos relacionados à instrumentalização da educação de surdos na qual a LIBRAS, inserida recentemente no contexto da formação do professor ainda é um desafio presente nas salas de aulas onde existem alunos surdos. A LIBRAS enquanto recurso didático-metodológico que possibilite a aprendizagem dos alunos surdos no contexto educacional. É importante ressaltar que a luta pela presença da Língua de sinais nas salas de aulas ocorre há anos e caracteriza os surdos como um povo com cultura e língua própria, que conquistaram o direito de usar sua língua, possibilitando não só sua comunicação, mas também sua efetiva participação na sociedade. Assim, pensar em uma proposta de ensino faz se necessário (re)pensar em recursos e instrumentos de apoio que estarão baseados em pressupostos metodológicos cujos elementos partem da pesquisa-ação, de caráter descritivo e interpretativo, que tem como base a matriz qualitativa. Por fim, apresentamos como resultado uma opinião a respeito do uso desta ferramenta a partir do pensamento dos diferentes autores que embasam o trabalho no decorrer do texto.
Palavras-chave: LIBRAS. Educação. Recursos tecnológicos.



Abstract: The purpose of this article is to preliminary analyze a Digital Didactic Book in Brazilian Signals Language - LIBRAS, Pitanguá Project: Sciences for deaf students who attends the community service centre for the Deaf of the State of Roraima - CAS/RR. Through theoretical conception of David P. Ausubel (1982) we listed some aspects related to the instrumentalization of deaf education. Considering that LIBRAS was recently inserted in the context of teacher training, classrooms with deaf students are still a challenge. As a didactic and methodological tool LIBRAS enables the learning of deaf students. The struggle for the presence of LIBRAS in classrooms has been going on for years and it characterizes the deaf as a people with a culture and language of their own, who have conquered the right to use their language, enabling not only their communication but also their effective participation in society. Thus, in order to think about a teaching proposal, it is necessary to (re)think in resources and instruments to aid, based on methodological assumptions from action research, with a descriptive and interpretative character, based on the qualitative matrix. Finally, we present an opinion about the use of this tool, based on the thinking of the authors who based the work throughout the text.
Keywords: Libras. Education. Technological resources.

Publicado
2017-07-06
Como Citar
BONFIM, Leila Bezerra et al. ANÁLISE DO LIVRO DIDÁTICO DIGITAL EM LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS, PROJETO PITANGUÁ: CIÊNCIAS COM ESTUDANTES SURDOS / Analysis of the Digital Book in Brazilian Signals Language, Pitanguá Project: Science for Deaf Students. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, [S.l.], v. 10, n. 22, p. 203-215, jul. 2017. ISSN 1984-7505. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/arete/article/view/643>. Acesso em: 24 ago. 2017.
Seção
Artigos