A AÇÃO DO ESTADO PERUANO NA FORMAÇÃO DA FRONTEIRA DE FRICÇÃO NA AMAZONICA OCIDENTAL

  • Wendell Teles de Lima UEA
  • Ana Maria Libório de Oliveira IFDF
  • Sebastião Perez de Souza SEMED - Tabatinga
  • Hélio Costa Ribeiro
  • Iatiçara Oliveira da Silva UEA
  • Marcelo Lacortt UEA

Resumo

Este artigo tem como propósito uma análise das formas em que os fluxos peruanos são constituídos e como pressiono a fronteira da Amazônia Ocidental. A grande quantidade de migrantes e a constante entrada de peruanos na região do Vale do Javari para a exploração de recursos naturais ilegais trazem como justificativa a constituição dessa temática, sobretudo, tem-se como objetivo compreender a migração, identificar os agentes e a pressão das ações estimulados pelos peruanos, ao mesmo tempo, apontar as ações que o estado brasileiro deve ter como diretriz em torno dessa questão. A metodologia será baseada numa análise crítica, tendo como alicerce uma pesquisa bibliográfica.

Publicado
2017-11-22
Como Citar
LIMA, Wendell Teles de et al. A AÇÃO DO ESTADO PERUANO NA FORMAÇÃO DA FRONTEIRA DE FRICÇÃO NA AMAZONICA OCIDENTAL. Revista Geopolítica Transfronteiriça, [S.l.], v. 1, n. 2, p. 1-12, nov. 2017. ISSN 2527-2349. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/revistageotransfronteirica/article/view/775>. Acesso em: 13 dez. 2017.
Seção
Artigos