O (RE) PENSAR DA GEOPOLÍTICA NO BRASIL “UM MAL” E ESFORÇO NECESSÁRIO AINDA À ESPERA

  • Wendell Teles de Lima
  • Ana Maria Libório Oliveira
  • Marcelo Lacortt
  • Sebastião Perez Souza

Resumo

Este artigo é fruto de uma pesquisa analítica tendo em vista as formas de (re) pensar a geopolítica em nosso país, tem-se em vista a recusa da comunidade geografia em sua maioria de não querer trabalhar essa área do conhecimento que ainda prevalece em todo o país, apesar os esforços de segmentos de geógrafos agora de forma itinerante trabalhando eventos de cunho dentro da perspectiva da geografia política, geopolítica observa-se que existe revigoramento da primeira sendo o segundo ramos de conhecimento ainda rechaçado pela maioria dos geógrafos, nesse sentido, de que forma isso ocorre é na realidade a pergunta central do texto e ao mesmo tempo analisa esses motivos, teremos como base metodológica a pesquisa bibliográfica de teóricos que tem o objetivo de demonstrar que apesar de problemática esse ramos da geografia ainda permanece sua importância na conjuntura contemporânea tendo em vista o processo de globalização.

Publicado
2018-08-06
Como Citar
LIMA, Wendell Teles de et al. O (RE) PENSAR DA GEOPOLÍTICA NO BRASIL “UM MAL” E ESFORÇO NECESSÁRIO AINDA À ESPERA. Revista Geopolítica Transfronteiriça, [S.l.], v. 2, n. 1, p. 108 - 124, ago. 2018. ISSN 2527-2349. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/revistageotransfronteirica/article/view/1126>. Acesso em: 18 dez. 2018.
Seção
Artigos