EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO ENSINO DE CIÊNCIAS: A VISÃO DE PROFESSORES E ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL

  • Alessandra Gomes Brandão UEPB
  • Rosana de Oliveira Gomes Santos
  • Ana Márcia dos Santos Souza

Resumo

Este artigo apresenta resultados de uma pesquisa qualitativa que analisou a concepção sobre meio ambiente de professores de ciências e alunos do nono ano do Ensino Fundamental de três escolas localizadas em Araruna, na Paraíba. Para refletir sobre essa questão, retoma-se o anúncio da crise ambiental, dando-se enfoque ao entendimento da Educação como instância capaz de formar um cidadão apto a lidar com a referida temática, tomando-se também como base autores que discutem a Educação Ambiental Conservadora e Crítica. A intenção do trabalho é apresentar pistas sobre a percepção dos dois grupos, as semelhanças entre eles, assim como a implicação das mesmas na busca por uma autonomia para lidar com essa problemática. O estudo demonstra que a concepção dos professores de ciências e alunos estudados é, em sua maioria, de vertente conservadora, não provocando a necessária reflexão sobre as complexas questões socioambientais de nosso tempo.

Publicado
2018-03-14
Como Citar
BRANDÃO, Alessandra Gomes; SANTOS, Rosana de Oliveira Gomes; SOUZA, Ana Márcia dos Santos. EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO ENSINO DE CIÊNCIAS: A VISÃO DE PROFESSORES E ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, [S.l.], v. 11, n. 23, p. 42-54, mar. 2018. ISSN 1984-7505. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/arete/article/view/864>. Acesso em: 16 ago. 2018.
Seção
Artigos