A OLIMPÍADA DE CIÊNCIAS DA FLORESTA NACIONAL DE CAXIUANÃ SEGUNDO SEUS PARTICIPANTES

  • Paola Maíra Gomes Caracciolo
  • Patrícia Figueiró Spinelli

Resumo

O presente artigo caracteriza e avalia a VI Olimpíada de Ciências da Floresta Nacional de Caxiuanã, evento de divulgação científica voltada para as comunidades da Amazônia. O evento é promovido pelo Museu Paraense Emílio Goeldi nos municípios de Melgaço e Portel, Pará, e tem como objetivo divulgar as pesquisas da instituição no local. O instrumento da pesquisa foi um questionário com perguntas fechadas e uma pergunta aberta, com as quais se puderam conhecer o perfil do público desta Olimpíada e suas impressões em relação ao evento, as quais foram construídas por meio da metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo. O evento foi caracterizado por meio de pesquisa documental e entrevista. Os resultados indicam que, mais que reconhecer a Olimpíada como uma experiência positiva de entretenimento, os estudantes participantes entendem-na como um projeto de educação sobre o meio ambiente. Discute-se, também, a importância das Olimpíadas de Ciências e dos eventos de divulgação científica e educação ambiental na região amazônica

Publicado
2018-03-14
Como Citar
CARACCIOLO, Paola Maíra Gomes; SPINELLI, Patrícia Figueiró. A OLIMPÍADA DE CIÊNCIAS DA FLORESTA NACIONAL DE CAXIUANÃ SEGUNDO SEUS PARTICIPANTES. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, [S.l.], v. 11, n. 23, p. 31-41, mar. 2018. ISSN 1984-7505. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/arete/article/view/863>. Acesso em: 16 ago. 2018.
Seção
Artigos