O USO DO CUBO DE RUBIK EM AULAS DE MATEMÁTICA DO ENSINO FUNDAMENTAL: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

  • Edivania Augusto dos Santos UFMT
  • Maria Cleilma de Andrade Teixeira Manfrim UFMT

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo relatar a experiência do projeto intitulado “cubo mágico como uma ferramenta nas aulas de Matemática”. As atividades do projeto foram realizadas por meio de oficinas, com o uso do cubo de Rubik ou cubo mágico, como recurso pedagógico lúdico, de forma a evidenciar a importância dos jogos e materiais manipuláveis no ensino de Matemática. Durante a realização do projeto foram realizadas 18 oficinas, tendo, como público-alvo, estudantes do sétimo ano, com faixa etária entre 12 e 13 anos de idade, de uma Escola Municipal localizada no município de Denise, estado de Mato Grosso. A pesquisa adotou uma abordagem qualitativa, mediante a experiência com os alunos iniciantes na prática do cubo mágico. Nesta perspectiva, o caminho percorrido para solucionar o cubo foi o método em camadas (3x3x3), com notação dos algoritmos adaptados para a turma. O uso desse quebra-cabeças como recurso pedagógico, promoveu dinamismo nas aulas e favoreceu a aprendizagem da Matemática. Uma vez que os discentes se mostraram motivados e desafiados para desvendar os segredos necessários para a montagem do cubo. Conclui-se que o uso do cubo de Rubik contribuiu para o desenvolvimento de habilidades e estímulos nos alunos participantes da oficina, como: maior concentração e maior interesse nas aulas de matemática. Além disso, o uso desse material manipulável permitiu uma abordagem mais interativa da disciplina de Matemática, e com maior significado para os alunos, pelo dinamismo que o puzzle oferece.

Publicado
2020-11-19
Como Citar
SANTOS, Edivania Augusto dos; MANFRIM, Maria Cleilma de Andrade Teixeira. O USO DO CUBO DE RUBIK EM AULAS DE MATEMÁTICA DO ENSINO FUNDAMENTAL: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, [S.l.], v. 14, n. 28, p. 167-179, nov. 2020. ISSN 1984-7505. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/arete/article/view/1993>. Acesso em: 05 dez. 2020.
Seção
Artigos