POLÍTICA PÚBLICA DE FOMENTO EM CT&I DO NORTE E SUDESTE A PARTIR DOS INDICADORES DE INOVAÇÃO

  • Acursio Ypiranga Benevides Júnior UNINORTE
  • Elisama Campelo Santos elisama.campelo@gmail.com
  • José Costa de Macedo Neto UEA
  • Raimundo Correa de Oliveira UEA

Resumo

A pesquisa objetiva investigar dados acerca dos investimentos em inovação mediante abordagem comparativa entre a região Norte e Sudeste do Brasil. Nos procedimentos metodológicos, é realizada uma pesquisa básica, exploratória, com levantamentos bibliográficos e documental sobre os principais indicadores brasileiros existentes, em base de dados como a do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC, Instituto Nacional da Propriedade Industrial – INPI e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Capes. As discussões apresentam os dados em números que permitem a comparação inter-regional no tempo. Pelos resultados obtidos, é notória a disparidade entre as regiões Norte e Sudeste ao longo dos anos, principalmente quanto aos dispêndios em fomentos de CT&I. A conclusão expõe a evolução do total dos dispêndios em CT&I no Brasil e demonstra que a região Norte possui necessidade de ampliar investimentos na área da Amazônia, principalmente no âmbito da sócio e biodiversidade.

Publicado
2020-11-19
Como Citar
BENEVIDES JÚNIOR, Acursio Ypiranga et al. POLÍTICA PÚBLICA DE FOMENTO EM CT&I DO NORTE E SUDESTE A PARTIR DOS INDICADORES DE INOVAÇÃO. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, [S.l.], v. 14, n. 28, p. 196-212, nov. 2020. ISSN 1984-7505. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/arete/article/view/1995>. Acesso em: 05 dez. 2020.
Seção
Artigos