O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

Diretrizes para Autores

Normas editoriais e de apresentação de produções científicas

1. Os artigos devem ser submetidos exclusivamente pela plataforma do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER). Utiliza-se o sistema ahead of print, ou seja, mesmo antes de finalizar o número as produções são pulicadas. As outras produções serão enviadas para o e-mail da revista: (completar com endereço de e-mail). A plataforma pode ser acessada pelo site: http://periodicos.uea.edu.br/

2. No processo de submissão, o/a (s) autor/a (s) deve (m) seguir todos os passos indicados nas instruções da plataforma on-line.

3. Em caso de artigo de autoria coletiva, o texto deverá ser submetido pelo primeiro autor (ou autor de contato). Em caso de aprovação, todos os autores deverão mostrar sua conformidade com o manuscrito a ser publicado. A revista não aceita artigos com mais de três autores, a não ser em casos excepcionais que devem ser sempre justificados ao Editor-chefe. Os trabalhos deverão conter os dados de identificação de autoria (s), nome ou nomes dos autores pela ordem de autoria, titulação acadêmica mais elevada por autor, vinculação institucional, devendo ser acompanhado do currículo resumido, de preferência com o mesmo conteúdo do Texto Inicial do Currículo Lattes <lattes.cnpq.br>, quando se tratar de autores de nacionalidade brasileira ou estrangeira.

4. Os artigos devem ter entre, no mínimo 15 (quinze) e no máximo 20 (vinte) laudas, numeradas ao alto direita da página, incluídas as referências, em fonte Times New Roman, tamanho 12, com espaço 1,5 e parágrafo justificado. O resumo, deve possuir no mínimo 150 e no máximo 200 palavras, apresentado somente no idioma original do artigo e em inglês, seguindo orientações da ABNT-NBR 6028, que trata de resumos. Os trabalhos deverão ser digitados com o tamanho da fonte 11 para citações diretas (citações literais, além da indicação do autor e ano da publicação, é indispensável indicar a (s) página (s) de onde foram retiradas) com mais de 3 linhas (que tenham recuo de 4 cm e espaçamento simples), margem superior e esquerda de 3 cm e margem inferior e direita de 2 cm, em formato Word 97-2003 ou compatível.

5. A estrutura dos trabalhos seguirá o seguinte:

i. Artigos

Os artigos deverão conter obrigatoriamente o seguinte: i. título, em português e em língua estrangeira; ii. Sumário; iii. Resumo (de 150 a 500 palavras, contendo o objetivo, o método, os resultados e as conclusões da publicação submetida); iv. Abstract, no mesmo idioma do título traduzido, v. palavras-chave (entre três e cinco) e seus correspondentes em idioma estrangeiro; v. desenvolvimento do trabalho, conforme especificação (artigo, ensaio ou resenhas críticas) em concordância com o título do trabalho, com itens devidamente numerados. As citações aceitas só serão a de Autor/Data, não se aceitando as citações por referências; vi. Referências completas das obras citadas no corpo do texto conforme ABNT-NBR 6023, no final do texto.

ii. Ensaios

O Ensaio acadêmico é uma produção científica que envolve as ideias e pensamentos pessoais da autoria, no entanto, deve respeitar as normas do artigo, conforme o item anterior, podendo por sua vez, ter um tom informativo e/ou persuasivo ou de caráter técnico da linguagem jurídica e científica. Os conceitos devem ser claros, objetivos e direitos. As referências devem ser utilizadas. Não serão aceitas meras impressões. Incentiva-se a elaboração de dossiês.

iii. Resenhas

As resenhas deverão ser inéditas e cobrir livros inscritos nas áreas e suas subáreas da revista, ou que dialoguem teórica ou metodologicamente com temas relacionados com o Direito Ambiental. A Revista aceita submissão de resenhas em português, espanhol e inglês, que serão publicados em sua língua original. Todas as resenhas são avaliadas pelas Comissões a partir de três critérios: adequação à política e escopo editoriais da Revista; relevância da obra resenhada para o campo do Direito Ambiental em geral e pertinência da resenha para os debates em curso nas áreas e subáreas da Hileia. Os Editores poderão solicitar parecer específico se assim for julgado conveniente. Os resultados podem ser: “aceitas”, “aceitas com modificações” ou “recusadas”. Não há a possibilidade de uma mesma resenha ser submetida duas vezes. Haverá um parecer sobre os resultados acima.

v. Resumos

Os resumos deverão seguir as normas da ABNT-NBR 6028. Os itens que compõem o resumo deverão ser explicitados em: i. Introdução, ii. Objetivo, iii. Metodologia, iv. Resultados e Discussões, v. Considerações Finais, vi. Palavras-chave. Deverá ter um texto em inglês com a mesma estrutura, correspondente.

v. Notas sobre legislação

As Notas sobre a legislação deverão ser inéditas e cobrir legislações inscritas nas áreas e suas subáreas ou que dialoguem teórica ou metodologicamente com temas relacionados ao Direito Ambiental. A Revista aceita submissão de notas sobre legislação em português, espanhol e inglês, que serão publicadas em sua língua original. Todas as notas sobre legislação são avaliadas pelas Comissões a partir de três critérios: adequação à política e escopo editoriais da Revista; relevância da legislação anotada para o campo do Direito Ambiental em geral e pertinência da nota sobre a legislação para os debates em curso nas áreas e subáreas da Hileia. Os Editores poderão solicitar parecer específico se assim for julgado conveniente. Os resultados podem ser: “aceitas”, “aceitas com modificações” ou “recusadas”. Não há a possibilidade de uma mesma nota sobre legislação ser submetida duas vezes. Haverá um parecer sobre os resultados acima.

vi. Eventos

Os eventos deverão seguir as normas sobre relatório contidas na ABNT-NBR 10719, que regulamenta a elaboração de Relatórios técnicos/científicos. Os eventos devem ter entre, no mínimo 15 (quinze) e no máximo 20 (vinte) laudas, em fonte Times New Roman, tamanho 12, com espaço 1,5 e parágrafo justificado.

vii. Notícias

As notícias deverão seguir as normas da ABNT-NBR 6028. Os itens que compõem a notícia deverão ser explicitados em: i. Introdução, ii. Objetivo, iii. Metodologia, iv. Resultados e Discussões, v. Considerações Finais, vi. Palavras-chave. Deverá ter um texto em inglês com a mesma estrutura, correspondente. São critérios da avaliação das notícias: i. Senso de oportunidade; ii Timing (eventos externos aos novos acontecimentos científicos que chamam atenção pública), iii. Impacto, iv. Significado, v. Pioneirismo, vi. Interesse humano, personagens célebres ou de ampla exposição na mídia, vii. Proximidade, ix. Proximidade e equilíbrio, x. Conflito, xi. Necessidade de sobrevivência, xii. Necessidades culturais, xiii. Necessidade de conhecimento.

 

6. Para a submissão on-line devem ser anexados dois arquivos em formato .doc ou .docx:

i. Carta de apresentação. O primeiro arquivo, endereçado exclusivamente aos Editores em formato de carta de apresentação (cover letter), deve incluir o seguinte: o título do artigo, resumo e dados biográficos do/s autor/es (titulação acadêmica, cargo que ocupa e publicações relevantes mais recentes). Este arquivo é destinado também à inclusão de comentários e justificativas aos Editores da nova Hileia sobre qualquer aspecto relacionado à tramitação do artigo ou produção científica. Informações que revelem a autoria do texto e agradecimentos também podem ser incluídos aqui.

 

ii. Manuscrito. O segundo arquivo é o documento principal, ou seja, a versão do manuscrito que será lido pelos avaliadores ad hoc. Por isso, este deve ser enviado sem qualquer tipo de referência ou informações que possibilitem a identificação da (s) autoria (s), constando somente o título, o texto e as referências bibliográficas.

7. Os gráficos e tabelas devem ser acompanhados das respectivas planilhas que os originaram, com indicação das unidades em que se expressam os valores e as fontes correspondentes, quando a autoria for dos autores responsáveis pela produção científica. Imagens em alta definição não devem ser incluídas dentro do documento principal, podendo ser anexadas separadamente.

8. Dúvidas diversas sobre o processo de submissão e avaliação dos trabalhos submetidos podem ser dirimidas pelo encaminhamento para o e-mail institucional da nova Hileia: revistahileia@uea.edu.br.

9. Referências, quando necessárias, devem aparecer no próprio texto, com a menção do último sobrenome do autor acompanhado do ano da publicação e do número da página, quando necessário (Exemplo: FONSECA, 2011, p. 357). Citações literais de textos de outros autores superiores a três linhas devem aparecer em parágrafo separado, a quatro centímetros à direita.

10. No final dos trabalhos, devem ser listadas todas as referências citadas no texto, em ordem alfabética, observando-se os seguintes critérios:

i. Livro: FONSECA, O. J. M. Pensando a Amazônia. Manaus: Valer, 2011.

ii. Capítulo de livro: ESTEVES, B. A seringal e a constituição social do seringueiro, in NEVES, D.P. e SILVA, M.A.M. Processos de constituição e reprodução do campesinato no Brasil. São Paulo: UNESP/NEAD, 2008.

iii. Para artigos em revistas científicas: PIOVESAN, F. Direito Humanos e propriedade intelectual, in Hiléia: revista de Direito Ambiental da Amazônia, Manaus, ano 8, n.10, p. 73-98, 2015.

iv. Para citação de artigo eletrônico: MOTTA-ROTH, D e MARCUZZO, P. Ciência na mídia: análise crítica de gênero de notícias de popularização científica, in RBLA, v. 10, n.3, 2010, p.511-538. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/rbla/v10n3/a02v10n3>. Acesso em: 23 abr 2016.

v. Teses e dissertações:

FONSECA, Ozorio Jose de Menezes. Aspectos limológicos da lagoa Emboaba, Planície Costeira Setentrional do Rio Grande do Sul: morfometria, hidroquímica e degradação de Scirpus californicus (C.A.Meyer) Steud. São Carlos, UFSCar, 1991. Tese de Doutorado em Ecologia e Recursos Naturais, Instituto de Biociências, Universidade Federal de São Carlos, 1991.

11. Os aspectos formais de apresentação dos artigos, ensaios e resenhas devem obedecer obrigatoriamente às Normas da ABNT que se referem às normas vigentes: NBR 6022 (Artigo em publicação periódica científica impressa), NBR 6023 (Referências – Elaboração), NBR 6024 (Numeração progressiva das seções de um documento escrito), NBR 6028 (Resumo), NBR 10520 (Citações em documentos), NBR 14724 (Trabalhos acadêmicos) e as Normas de Apresentação Tabular do IBGE. Todas em suas versões mais atualizadas.

12. A Comissão Editorial da revista elegeu o sistema de chamada Autor/data, conforme o estabelecido na ABNT-NBR 10520 para as citações no corpo do texto, devendo as notas de rodapé ser utilizadas somente na identificação das autorias.

13. Os trabalhos deverão ser encaminhados via e-mail, com o Termo de Cessão Gratuita de Direitos Autorais (texto apêndice), postados para o endereço revistahileia@uea.edu.br  e pela plataforma SEER do Periódicos UEA.

14. A Comissão Editorial se reserva o direito de efetuar, sem consulta à autoria, as correções de vernáculo e as de forma, necessárias à manutenção do padrão de qualidade da revista, respeitando sempre a fidelidade das ideias dos autores, conforme termo em apêndice.

15. Citações traduzidas de língua estrangeira: devem ser seguidas da expressão “tradução nossa” entre parênteses.

16. Uso de itálico será para: a) palavras ou expressões estrangeiras (clown, american way of life). b) expressões latinas usadas no texto, segundo autorizam as normas da ABNT (ex.: et al. e apud). Exceção à regra: a) nomes de entidades (Library of Congress); b) empresas (Edizione Scientifiche Italiane); países (United Kingdom), pessoas (Claude Lévy-Strauss).

17. As aspas serão utilizadas, preferencialmente, apenas para citações curtas no corpo do texto. Em caso de neologismos ou de palavras e expressões que mereçam destaque, empregar com parcimônia.

 

18. A Comissão Editorial deverá velar pelo total sigilo dos nomes dos avaliadores ad hoc indicados para a análise dos trabalhos apresentados à publicação e, da mesma forma, quanto aos nomes dos autores dos trabalhos enviados para avaliadores ad hoc.