A ECONOMIA GOMÍFERA DA CIDADE DE REMATE DE MALES NA CONFIGURAÇÃO DO TERRITÓRIO AMAZÔNICO

  • Narciso Moreira Coelho Filho UEA
  • Thiago de Souza Baima UEA
  • Michele da Silva Pontes UEA

Resumo

A Amazônia possui uma imensidão de riquezas naturais, culturais, étnicas, lendárias e históricas que auxiliaram em sua expansão territorial, desenvolvimento socioeconômico e também despertam a cobiça inexorável de tudo que ela produz. A Amazônia teve seu principal ciclo econômico com o advento da extração do látex, passando a região por vários processos desde a migração de nordestinos, bem como a criação e o desenvolvimento de muitas cidades hoje conhecidas, uma delas destacadas neste estudo é Remate de Males, na qual possuía muitos seringais. O látex era comercializado por escambo, através da troca da borracha por produtos de subsistência, na maioria das vezes era injusta para os seringueiros, mesmo assim, esta foi a base econômica da região do Alto Solimões. Sabe-se que a Amazônia tem muitos relatos e acontecimentos ainda desconhecidos pelo mundo, ficando assim somente no conhecimento popular, daí a necessidade de se realizar o estudo que tem como objetivo principal apresentar a economia gomífera da cidade de Remate de Males, na configuração do território amazônico. Estudo este que foi possível através de leituras de material bibliográfico acerca do tema bem como a contribuição do conhecimento empírico de viventes e de seus descentes que carregam estas historias na mente.

Publicado
2017-11-22
Como Citar
COELHO FILHO, Narciso Moreira; BAIMA, Thiago de Souza; PONTES, Michele da Silva. A ECONOMIA GOMÍFERA DA CIDADE DE REMATE DE MALES NA CONFIGURAÇÃO DO TERRITÓRIO AMAZÔNICO. Revista Geopolítica Transfronteiriça, [S.l.], v. 1, n. 2, p. 43-59, nov. 2017. ISSN 2527-2349. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/revistageotransfronteirica/article/view/778>. Acesso em: 13 dez. 2017.
Seção
Artigos