Engenharia de construção do exército brasileiro: uma ferramenta estratégica de geopolítica

  • Fábio Santos de Paula Universidade Federal de Goiás
  • Allan Ribeiro dos Santos Universidade do Estado do Amazonas
  • Wagner de Oliveira Firmino Universidade do Grande Rio
  • Camila de Sousa Nunes Barros Universidade Estadual do Tocantins

Resumo

O objetivo deste artigo foi discutir o emprego da Engenharia de Construção do Exército Brasileiro em obras públicas, mais especificamente, na construção, ampliação e recuperação de rodovias em todo país, bem como, analisar de que forma esse emprego em obras de infraestrutura contribuem com o desenvolvimento de uma geopolítica interna. Para tal, empregou-se o método de pesquisa do tipo documental e bibliográfica, trabalhando com abras obras específicas do assunto, fontes oficiais disponíveis na internet e, ainda, material doutrinário exclusivo do Exército Brasileiro. Foram abordados no curso do trabalho o conceito e as missões da Engenharia de Construção castrense, os principais aspectos da modalidade rodoviária de transporte e a relação que o emprego do Exército têm com o desenvolvimento da Geopolítica. Por fim, verificou-se que, de fato, há diversas razões que justificam a utilização do Exército nesse tipo de missão subsidiária.

Publicado
2020-03-16
Como Citar
PAULA, Fábio Santos de et al. Engenharia de construção do exército brasileiro: uma ferramenta estratégica de geopolítica. Revista Geopolítica Transfronteiriça, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 46-58, mar. 2020. ISSN 2527-2349. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/revistageotransfronteirica/article/view/1704>. Acesso em: 20 set. 2020.
Seção
Artigos