PERTURBAÇÕES DO ESPECTRO DO AUTISMO: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA DOS BENEFÍCIOS DA PRÁTICA DE EDUCAÇÃO FÍSICA EM ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS

  • Clodoaldo Matias da Silva IFAM
  • Herica Thayse Barboza Nascimento Faculdade La Salle

Resumo

Pais com crianças com perturbações do espectro do autismo (PEA) enfrentam inúmeros desafios na tentativa de buscar uma resposta, para compreender melhor os filhos e dar-lhes ideias acerca de como incentiva-los no seu desenvolvimento na escola. Nesse aspecto temos o conceito de inclusão, como sendo um processo baseado na Declaração dos Direitos Humanos, cujo fundamento está no princípio da constituição da cidadania que visa a inserção do aluno com Necessidades Educativas Especiais (NEE) no âmbito escolar. A esse respeito, essa pesquisa foi constituída com o objetivo de conhecer os benéficos da prática de Educação Física (EF) junto aos alunos com PEA. O método adotado para a efetivação desta pesquisa foi o dedutivo. A tipologia da pesquisa adotada abrangeu três aspectos: quanto aos objetivos tratou-se de uma pesquisa exploratória; quanto à abordagem do problema, foi qualitativa; quanto aos procedimentos técnicos, foi bibliográfica. Analisando a literatura, conclui-se que existem vários métodos que visam proporcionar ao autista, dentro de suas potencialidades, o desenvolvimento da independência, facilitando assim, o seu convívio com o meio que o cerca. Nesse cenário a prática de EF mostra-se benéfica, pois auxilia os alunos com PEA a melhorar o desenvolvimento de aptidões sociais, o que é fundamental para ajudá-los a sentir-se mais à vontade em um mundo que e, em grande parte, social.

Publicado
2018-04-03
Como Citar
SILVA, Clodoaldo Matias da; NASCIMENTO, Herica Thayse Barboza. PERTURBAÇÕES DO ESPECTRO DO AUTISMO: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA DOS BENEFÍCIOS DA PRÁTICA DE EDUCAÇÃO FÍSICA EM ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS. Marupiara | Revista Científica do CESP/UEA, [S.l.], n. 2, p. 1-14, abr. 2018. ISSN 2527-0753. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/marupiara/article/view/902>. Acesso em: 20 jun. 2018.
Edição
Seção
Artigos