METODOLOGIA PARA A INTRODUÇÃO DO MANEJO COMUNITÁRIO NA PESCA ARTESANAL DO CAMARÃO MACROBRACHIUM AMAZONICUM NAS COMUNIDADES DE PARINTINS/AM

  • Fabiano Gazzi Taddei Universidade do Estado do Amazonas
  • David Xavier da Silva Universidade do Estado do Amazonas
  • Francielen Alves Pereira Universidade do Estado do Amazonas

Resumo

O objetivo desse estudo foi desenvolver um método de manejo comunitário para a pesca do camarão pelas comunidades da região de Parintins - AM, visando a manutenção da pesca artesanal e reconstituição populacional. Para isso, parcelas de camarões vendidos em Parintins foram adquiridos e analisados. O tamanho mínimo de captura foi estimado em 7,4 mm, valor que revelou que, em média, 23,2% (±7,14%) das amostras estavam abaixo do tamanho de defeso. Em reuniões com pescadores, definiu-se o tamanho das redes, que foram construídas utilizando o tamanho mínimo de captura. Prévias realizadas mostraram eficiência média de 6,39% (±4,88), ou seja, apenas esta proporção de camarões foi capturada abaixo do tamanho mínimo, o que caracteriza o defeso médio de 16,81%. A pesca artesanal na região é uma atividade que é transmitida por gerações. A implantação de um projeto de manejo eficiente, associado a fiscalização efetiva, é fundamental para a manutenção da renda dos ribeirinhos.

Publicado
2019-08-07
Como Citar
TADDEI, Fabiano Gazzi; SILVA, David Xavier da; PEREIRA, Francielen Alves. METODOLOGIA PARA A INTRODUÇÃO DO MANEJO COMUNITÃRIO NA PESCA ARTESANAL DO CAMARÃO MACROBRACHIUM AMAZONICUM NAS COMUNIDADES DE PARINTINS/AM. Marupiara | Revista Científica do CESP/UEA, [S.l.], n. 4, p. 80 - 101, ago. 2019. ISSN 2527-0753. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/marupiara/article/view/1564>. Acesso em: 21 ago. 2019.
Edição
Seção
Artigos