INCLUSÃO SOCIAL NA AMAZÔNIA: PERSPECTIVA DA TEORIA DIALÓGICA DE PAULO FREIRE

  • Leila Maria Souza Palheta Faculdade Maurício de Nassau
  • Marluce de Amorim Filipe UFAM
  • Manuel do Carmo da Silva Campos UEA

Resumo

O texto aqui apresentado versa sobre a Dialogicidade de Paulo Freire, a partir de sua obra intitulada “Pedagogia do Oprimidoâ€, a qual trata sobre o tema em seu terceiro capítulo, evidenciando aspectos relevantes da Filosofia da Educação do referido autor para a ação educacional na relação educador-educando e vice versa, mediatizados pelo mundo, através de temas geradores e explicitada, conjuntamente, com a comunidade, incluindo seus anseios com significados humanos em busca de sua verdadeira libertação. Isso foi o que desenhou a Inclusão Social no Processo Educacional ilustrado na pesquisa de campo sobre a aplicação do Programa “Reescrevendo o Futuro†no Município de Maraã no Estado do Amazonas.

Publicado
2019-08-07
Como Citar
PALHETA, Leila Maria Souza; FILIPE, Marluce de Amorim; CAMPOS, Manuel do Carmo da Silva. INCLUSÃO SOCIAL NA AMAZÔNIA: PERSPECTIVA DA TEORIA DIALÓGICA DE PAULO FREIRE. Marupiara | Revista Científica do CESP/UEA, [S.l.], n. 4, p. 47 - 57, ago. 2019. ISSN 2527-0753. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/marupiara/article/view/1561>. Acesso em: 21 ago. 2019.
Edição
Seção
Artigos