TERRAS CAÍDAS E CONSEQUÊNCIAS AMBIENTAIS: UM ESTUDO NA ENCOSTA FLUVIAL NO BAIRRO SANTA CLARA EM PARINTINS (AM)

  • João D’Anuzio Menezes de Azevedo Filho Universidade do Estado do Amazonas
  • Rafael dos Anjos Carvalho Universidade do Estado do Amazonas
  • Sidney Araújo Glória Universidade Federal do Amazonas

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo compreender a dinâmica dos processos erosivos e as consequências ambientais na encosta fluvial do rio Amazonas, a partir do estudo de caso da orla do bairro Santa Clara, na cidade de Parintins, sede do município homônimo, no estado do Amazonas. Para atingir esse objetivo foram realizadas observações diretas do fenômeno na orla da cidade, buscando compreender o processo que provoca a erosão lateral. Isso só é possível com largo conhecimento sobre o assunto a partir do estudo da literatura sobre o tema. A utilização de imagens fotográficas, medições, batimetria do fundo do rio ajudaram nessa compreensão. Os resultados apontam que na encosta fluvial nas imediações do bairro Santa Clara os fatores que provocam o fenômeno das terras caídas são equivalentes aos apontados pela literatura sobre o assunto, como a pressão hidráulica, desagregação de base e elementos do clima (chuva, vento e temperatura). Os impactos ambientais decorrentes disso caracterizam-se pelo
desabamento da rua de acesso ao local, de árvores e até muros, bem como, a mudança na paisagem natural. Conclui-
se que os elementos naturais que atuam na produção do fenômeno representam os principais fatores que levam
ao desbarrancamento no local de estudo, associado à ação antrópica e à falta de investimento público para minimizar
os danos causados à área urbanizada e às pessoas que moram ou trabalham no local.

Publicado
2019-08-07
Como Citar
FILHO, João D’Anuzio Menezes de Azevedo; CARVALHO, Rafael dos Anjos; GLóRIA, Sidney Araújo. TERRAS CAÃDAS E CONSEQUÊNCIAS AMBIENTAIS: UM ESTUDO NA ENCOSTA FLUVIAL NO BAIRRO SANTA CLARA EM PARINTINS (AM). Marupiara | Revista Científica do CESP/UEA, [S.l.], n. 4, p. 18 - 46, ago. 2019. ISSN 2527-0753. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/marupiara/article/view/1560>. Acesso em: 21 ago. 2019.
Edição
Seção
Artigos