EDUCAÇÃO, ESCOLA E PRISÃO: UMA ANÁLISE DAS PRÁTICAS EDUCATIVAS VOLTADAS PARA PESSOAS EM PROCESSO DE REINSERÇÃO SOCIAL

  • Neissa Santarém
  • Francisca Amoedo

Resumo

Esta produção é resultado de uma pesquisa desenvolvida na Unidade Prisional de Parintins onde observamos a Escola Vitório Barbosa, uma Escola que funciona na modalidade EJA. O objetivo é dar visibilidade as ações educativas que tem contribuído para o processo de aprendizagem e reinserção social de aprisionados. As análises nos revelam que a escola objetiva práticas educativas capazes de contribuir para a reinserção social de pessoas apenadas, ainda que inserida em um espaço que resguarda a violência. A ela se tem destinado o papel maior do que apenas transmissora de saberes, tem possuído a função de elucidar compreensões acerca das pessoas, suas ações e sobre o mundo ao seu redor de maneira reflexiva ajudando os alunos/detentos na apreensão de saberes e no exercício de sua cidadania pós-cárcere.

Publicado
2021-09-03
Como Citar
SANTARÉM, Neissa; AMOEDO, Francisca. EDUCAÇÃO, ESCOLA E PRISÃO: UMA ANÁLISE DAS PRÁTICAS EDUCATIVAS VOLTADAS PARA PESSOAS EM PROCESSO DE REINSERÇÃO SOCIAL. Extensão em Revista, [S.l.], n. 7, set. 2021. ISSN 2525-5347. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/extensaoemrevista/article/view/2293>. Acesso em: 22 set. 2021.
Edição
Seção
Artigos