A realização da extensão universitária no Brasil, e neste caso na Amazônia brasileira, representa diretamente o compromisso que cada instituição assume com a sociedade que a cerca. A integração dos saberes e, desse modo, o enriquecimento da aprendizagem contínua é o principal resultado para a comunidade acadêmica. Diante desse quadro em que, vimos uma necessidade de um veículo de comunicação em que se registre as experiências extensionistas, as metodologias e estratégias aplicadas no desenvolvimento das atividades e que esteja conforme os preceitos difundidos na comunidade acadêmica. Neste contexto criamos a Extensão em Revista.

Com a criação da Extensão em Revista pretende-se contribuir para difusão do conhecimento e a socialização das ações de extensão desenvolvidas na comunidade universitária, isto é, UEA e de outras Universidades, bem como registrar e discutir a participação do público na realização das atividades extensionistas desenvolvidas na Amazônia brasileira, que envolvam a interação dialógica, a interdisciplinaridade e interprofissionalidade, considerando ainda a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, buscando alcançar impacto na formação dos estudantes e perseguindo melhorias para a transformação social na região amazônica.

A revista terá periodicidade semestral e publicará artigos, relatos de experiências ou ainda outros comunicados que retratem as resultantes – avanços, dificuldades, limitações e superações na prática dos trabalhos de extensão realizadas na Amazônia brasileira.

O formato da revista com a opção de publicá-la em versão eletrônica, na plataforma do Serviço de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) dá-se em razão da redução de custos e, sobretudo, pelo potencial que a rede Internet nos oferece de um alcance em nível mundial. Também será disponibilizada no GooglePlay e AppleStroe.

Nesta perspectiva, convidamos a todos que desenvolvem ações de extensão para colaborar conosco a cada número da Extensão em Revista, na socialização das reflexões e experiências das atividades extensionistas, na contribuição para o aprofundamento teórico e prático sobre extensão na Amazônia brasileira.