REMIÇÃO PELA LEITURA: TRABALHANDO A INCLUSÃO SOCIAL A PARTIR DA LEITURA NA PENITENCIÁRIA NA CIDADE DE PARINTINS

  • Francisca Keila de Freitas UEA
  • Delma Pacheco Sicsu UEA
  • Letícia Tavares Souza UEA
  • Atina Cristina Batista Dutra UEA

Resumo

presente artigo traz a temática “Remição pela leitura: trabalhando a inclusão social a partir da leitura na penitenciária na cidade de Parintins”; é uma proposta em andamento, que envolve a inclusão social através da leitura. Ele tem como objetivo analisar as práticas de leitura realizadas na escola, localizada no Presídio na cidade de Parintins, propondo possíveis oficinas de leitura que contribuam de forma social e pessoal aos que estão no regime fechado. A temática envolve a escola municipal presidiaria Vitório Barbosa, onde encontram-se alunos do projeto EJA – Educação de Jovens e Adultos, através de parcerias com a rede municipal de educação – SEMED. Como base teórica temos autores como PERÉZ e GARCIA (2001); JAEGER (1989); SILVA (2008), os quais apresentam estudos realizados em presídios considerando a importância da leitura nesses espaços. A metodologia utilizada para realização do projeto que culminou nesse artigo parte de uma pesquisa qualitativa, com abordagem dialética, em que utilizamos como procedimentos metodológicos a observação, reuniões, estudos dirigidos sobre a importância da leitura e os benefícios dela dentro da escola Municipal Vitório Barbosa em Parintins. Dessa maneira, a pesquisa apontou que ensinar exige um processo de reflexão e participação de todos os sujeitos sociais responsáveis por esse processo, disposto através do projeto.

Publicado
2020-08-19
Como Citar
FREITAS, Francisca Keila de et al. REMIÇÃO PELA LEITURA: TRABALHANDO A INCLUSÃO SOCIAL A PARTIR DA LEITURA NA PENITENCIÁRIA NA CIDADE DE PARINTINS. Extensão em Revista, [S.l.], n. 5, p. 24-28, ago. 2020. ISSN 2525-5347. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/extensaoemrevista/article/view/1856>. Acesso em: 30 set. 2020.
Edição
Seção
Artigos