ATIVIDADES DE MODELAGEM MATEMÁTICA DESENVOLVIDAS NO OLHAR DO MODELO SEMÂTICO-CONTEXTUAL DE TIKUNOFF

  • Daniel Santos de Carvalho
  • Yuri Expósito Nicot

Resumo

A Modelagem Matemática tem sido aplicada em sala de aula no Brasil desde a década de 1970 e desde então muitos estudos tem sido realizado com esta proposta pedagógica. O presente artigo trata do desenvolvimento de atividades de Modelagem em uma turma de Bacharelado em Ciências da Computação em um Campus do Instituto Federal do Maranhão no segundo semestre de 2017. Nestas atividades, buscou-se identificar as influências das três variáveis do modelo semântico-contextual de Tikunoff no processo educacional, especificamente para dois alunos. Para isto, gravações foram realizadas durante as atividades em sala de aula, bem como nos encontros extraclasse realizados pelos alunos. Em seguida, foram realizadas as transcrições dos diálogos para análise, além de serem levadas em consideração as observações do pesquisador durante as atividades. A pesquisa foi de natureza qualitativa e identificou as variáveis situacionais, experienciais e comunicativas que influenciaram no desenvolvimento das atividades de Modelagem Matemática realizadas pelos alunos que participaram do estudo.  Observou-se que a identificação das variáveis deste modelo contribuiu para compreender o desenvolvimento do ensino e da aprendizagem em atividades de Modelagem na sala de aula.

Publicado
2020-01-02
Como Citar
CARVALHO, Daniel Santos de; NICOT, Yuri Expósito. ATIVIDADES DE MODELAGEM MATEMÁTICA DESENVOLVIDAS NO OLHAR DO MODELO SEMÂTICO-CONTEXTUAL DE TIKUNOFF. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, [S.l.], v. 12, n. 26, p. 47 - 58, jan. 2020. ISSN 1984-7505. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/arete/article/view/1657>. Acesso em: 01 abr. 2020.
Seção
Artigos