BIOTECNOLOGIA; EM CASA: OBTENÇÃO DE BIOGÁS E BIOFERTILIZANTE EMPREGANDO ESTERCO E RESÍDUOS DE ALIMENTOS

  • Menilson dos Santos UEA/CESP
  • Raimundo dos Santos UEA/CESP
  • Arelis Rodríguez UEA/CESP

Resumo

Na pecuária e na fabricação e venda de alimentos são geradas quantidades apreciáveis de resíduos orgânicos biodegradáveis que ao serem depositados junto ao lixo comum ou amontoados sem tratamento. Esses resíduos podem ser valorizados se utilizada a digestão anaeróbia para produzir biogás e biofertilizantes. O presente trabalho tem como objetivo comprovar que é possível aproveitar o esterco de gado bovino e alimentos para a obtenção de biogás e biofertilizante em digestores caseiros e sua aplicação em pequenas comunidades rurais. A metodologia do trabalho consistiu em desenhar e fabricar um digestor caseiro simples para a obtenção de biogás, a ser empregado como combustível para cozinhar alimentos e o lodo digerido no cultivo de cebolinha. Desenhou-se dois digestores de 5 l de capacidade cada, nos quais se ocupou 70% do volume do reator com esterco bovino e resíduos de alimentos. Em 45 dias de experimentação foram obtidos 30,23 l e 7,05 l de metano respectivamente. Em 5 dias se observou o broto das sementes no canteiro fertilizado e em 45 dias as cebolinhas alcançaram 32 cm de altura, estando aptas para a colheita e emprego na elaboração de alimentos.

Publicado
2017-05-19
Como Citar
DOS SANTOS, Menilson; DOS SANTOS, Raimundo; RODRÍGUEZ, Arelis. BIOTECNOLOGIA; EM CASA: OBTENÇÃO DE BIOGÁS E BIOFERTILIZANTE EMPREGANDO ESTERCO E RESÍDUOS DE ALIMENTOS. Marupiara | Revista Científica do CESP/UEA, [S.l.], n. 1, maio 2017. ISSN 2527-0753. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/marupiara/article/view/424>. Acesso em: 17 ago. 2017.
Edição
Seção
Artigos