PERCEPÇÕES DE ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO SOBRE O ENSINO DE FÍSICA EM UM ESPAÇO NÃO FORMAL DA CIDADE DE MANAUS

  • Antonio Xavier Gil
  • Adalberto Gomes de Miranda
  • Edvam de Oliveira Nunes
  • Josefina Barrera Kalhil

Resumo

Neste artigo o objetivo foi promover uma discussão do fenômeno físico e dos conceitos de física, com uma turma de alunos da Escola Pública e do Ensino Médio, em um espaço não formal de uma área urbanizada chamada de Mestre Chico, localizada no centro da cidade de Manaus no estado do Amazonas, e também obter as percepções dos estudantes sobre a utilização do espaço não formal para a melhoria do processo de ensino-aprendizagem de física. Para isto utilizou-se a metodologia de pesquisa de campo e participativa e abordagem qualitativa, com questionário de perguntas abertas para coleta de dados, a cerca das percepções dos alunos, e também uma lista de exercícios para verificação da melhoria do processo de ensino-aprendizagem, sendo a lista baseada nos próprios brinquedos existentes no local da visita. Assim, para analisar as percepções dos estudantes, usou-se a análise de conteúdo para agrupar as respostas em categorias. Com isto, não só atingimos o nosso objetivo proposto, mas também abrimos discussão para um aumento da frequência de utilização desses espaços não formais por professores do Ensino Médio de Manaus.

Publicado
2017-10-03
Como Citar
GIL, Antonio Xavier et al. PERCEPÇÕES DE ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO SOBRE O ENSINO DE FÍSICA EM UM ESPAÇO NÃO FORMAL DA CIDADE DE MANAUS. Extensão em Revista, [S.l.], n. 2, p. 52-70, out. 2017. ISSN 2525-5347. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/extensaoemrevista/article/view/702>. Acesso em: 23 out. 2017.
Edição
Seção
Artigos