ERICO VERISSIMO E A NOÇÃO DE HISTÓRIA COMO UM ROSÁRIO DE CRIMES

  • Maria Cristina Ferreira dos Santos UFRGS

Resumo

O objetivo deste trabalho de pesquisa bibliográfica é mostrar, tomando como pressuposto teórico a obra Israel em Abril, que o escritor Erico Verissimo tem uma
noção pessimista da História, evidente não apenas neste relato de viagem, mas em outros de seus romances. Além disso, a obra analisada fornece ao leitor um arsenal histórico sobre o judaísmo e sobre a criação do estado de Israel, ademais da discussão sobre memória e esquecimento, traumas e genocídios, e noções de identidade. O autor sul rio-grandense nos fornece uma visão sobre os acontecimentos daquela parte do mundo, a partir de suas experiências e do tempo/espaço em que se encontra. A obra Israel em Abril é um grande patrimônio escrito sobre o estado de Israel na perspectiva de um exímio escritor brasileiro.

Publicado
2017-01-01
Como Citar
SANTOS, Maria Cristina Ferreira dos. ERICO VERISSIMO E A NOÇÃO DE HISTÓRIA COMO UM ROSÁRIO DE CRIMES. ContraCorrente | Revista de Estudos Literários e da Cultura, [S.l.], n. 9, jan. 2017. ISSN 2525-4529. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/contracorrente/article/view/734>. Acesso em: 13 dez. 2017.