A CULTURA JUDAICA EM UM PERIÓDICO DO EXÍLIO ALEMÃO: O CASO DA REVISTA AUFBAU

  • Patrícia Helena Baialuna de Andrade UNESP

Resumo

Em razão do governo nacional-socialista e da perseguição que o mesmo empreendeu contra intelectuais, judeus, políticos de esquerda e escritores, entre outros grupos sociais, muitos alemães deixaram seu país na década de 1930 em busca de asilo estrangeiro. Nos diversos países de exílio formaram-se comunidades de emigrantes e, em muitas delas, as atividades intelectuais resultaram na publicação de periódicos de literatura e política em língua alemã. Contextualizando tais publicações e caracterizando-as brevemente, este artigo tem como objetivo apresentar um periódico sui generis dentro do escopo da literatura de exílio: a revista
Aufbau, veículo de expressão cultural dos judeus imigrantes nos Estados Unidos.

Publicado
2017-01-01
Como Citar
ANDRADE, Patrícia Helena Baialuna de. A CULTURA JUDAICA EM UM PERIÓDICO DO EXÍLIO ALEMÃO: O CASO DA REVISTA AUFBAU. ContraCorrente | Revista de Estudos Literários e da Cultura, [S.l.], n. 9, jan. 2017. ISSN 2525-4529. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/contracorrente/article/view/712>. Acesso em: 13 dez. 2017.