PRÊMIO DE CRÍTICA LITERÁRIA FERREIRA DE CASTRO – EDIÇÃO 2010 1º LUGAR: REVISITANDO OS EMARANHADOS D´A SELVA

  • Maria Heloísa Dias UNESP

Resumo

Em que pese à intransigência da crítica em relação a muitas obras neorealistas por seu caráter esquemático2, o que nos interessa aqui não é essa polêmica, muito menos o Neo-Realismo enquanto movimento literário ou a análise de uma obra sob o viés de seu enquadramento nessa estética. Nossa preocupação é revisitar um texto que, passados setenta anos, ainda pode se oferecer como objeto para o olhar crítico, na medida em que nos coloca diante de um cenário aberto permanentemente a questionamentos. Trata-se de A selva, de Ferreira de Castro, obra escrita em 1926 e publicada em 1930.

Publicado
2017-05-22
Como Citar
DIAS, Maria Heloísa. PRÊMIO DE CRÍTICA LITERÁRIA FERREIRA DE CASTRO – EDIÇÃO 2010 1º LUGAR: REVISITANDO OS EMARANHADOS D´A SELVA. ContraCorrente: Revista do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas, [S.l.], n. 2, p. 205-215, maio 2017. ISSN 2525-4529. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/contracorrente/article/view/477>. Acesso em: 08 dez. 2022.
Seção
Vária - Crítica