RESTOS INDISSOLÚVEIS DA CRUELDADE CONSIDERAÇÕES SOBRE VIOLÊNCIA, MAL E ESCRITA LITERÁRIA

  • Roberto Vecchi UniBo

Resumo

Sobre o problema da violência, a violência no século XX – que talvez possua uma especifi cidade própria em relação à violência tout court –, há um texto célebre e enigmático de Walter Benjamin que ainda não esgotou a sua força crítica e continua desafi ando as interpretações. Foi de fato objeto de algumas leituras fundamentais a que constantemente nos remetemos falando de violência. Um texto seminal, em suma. Trata-se de Zur Kritik der Gewalt (“Para a crítica da violência”), texto precoce, escrito em 1921 (com uma curiosa assinatura datada, “Walter 1921”, que originou uma leitura desconstrucionista chave de Jacques DERRIDA, 2003) e que, no entanto, permanece em algumas partes ainda relativamente obscuro ou apoiado em visões em confl ito ou até de árdua decidibilidade. Ao mesmo tempo, deve-se assinalar que é este o texto onde aparece pela primeira vez, ainda que opacamente, a expressão “vida nua” (bloß Leben), que se tornará uma categoria refl exiva chave de pensamentos (por exemplo, o de Agamben, com Homo sacer, que nele se inspira) voltados para rever e reformular um campo como o da biopolítica e desmontar dispositivos articulados como o da soberania, extremamente fértil para pensar as aporias da contemporaneidade.

Publicado
2017-05-22
Como Citar
VECCHI, Roberto. RESTOS INDISSOLÚVEIS DA CRUELDADE CONSIDERAÇÕES SOBRE VIOLÊNCIA, MAL E ESCRITA LITERÁRIA. ContraCorrente: Revista do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas, [S.l.], n. 2, p. 173-186, maio 2017. ISSN 2525-4529. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/contracorrente/article/view/475>. Acesso em: 08 dez. 2022.