PORQUE ONDAS CURTAS

Relato de Experiência de Radiofonia em Ondas Curtas da Rede Fonias Juruá na Reserva Extrativista Alto do Juruá, Acre.

  • Francisco Antunes Caminati UNESP
  • Jacinta Kariú-Kariri
  • Antonio Barbosa de Melo
  • Raphael Maia Aveiro Cessa IFB

Resumo

Nesse relato de experiência apresentamos um mapa das estações de radiofonia em Ondas Curtas que formam a Rede Fonias Juruá, uma rede comunitária que opera na Reserva Extrativista do Alto Juruá, no Acre. Apresentamos a distribuição espacial das estações para explicitar o projeto de buscar a cobertura completa do território da Reserva, bem como o papel da rede na vigilância e no monitoramento do território. Além disso, destacamos os motivos que justificaram a escolha da radiofonia em Ondas Curtas como base tecnológica da rede e compartilhamos resultados da experiência de desenvolvimento de uma solução tecnológica para transmissão de dados digitais em Ondas Curtas, experiência pioneira desenvolvida pela Rede Fonia Juruá, a qual vem sendo continuada por outros projetos e com grande potencial para a comunicação digital na Amazônia.

Publicado
2021-12-31
Como Citar
CAMINATI, Francisco Antunes et al. PORQUE ONDAS CURTAS. ContraCorrente: Revista do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas, [S.l.], n. 17, p. 305-315, dez. 2021. ISSN 2525-4529. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/contracorrente/article/view/2248>. Acesso em: 01 out. 2022.