SOCIEDADE EM REDE E METROPOLIZAÇÃO: REFLEXOS NA PAISAGEM URBANA DA REGIÃO METROPOLITANA DE MANAUS

  • Luis Felipe Buzaglo UFAM
  • Isaque dos Santos Sousa

Resumo

Este trabalho apresenta reflexões acerca das reestruturações socioespaciais observadas nas cidades da Região Metropolitana de Manaus/RMM em decorrência da amplificação do volume e alcance dos fluxos nas redes geográficas materiais e imateriais e da emergência de novas temporalidades desde a institucionalização desta enquanto unidade regional, isto é, o ano de 2007. Desta forma, buscou-se compreender como os elementos materiais das redes geográficas informacionais se apresentam na paisagem das cidades de Iranduba e Manacapuru; primeiramente, analisando especificamente a identificação dos objetos para em seguida discutir teoricamente as razões e causas que os suscitam. Por fim, foi observado que os elementos formadores das redes geográficas informacionais encontrados nas paisagens das cidades apresentaram-se de duas principais maneiras: uma com maiores proporções físicas, outra com objetos menores, porém de conotações mais simbólicas e comunicativas, de uma ideologia que promove a vida urbana e a metrópole como um ponto de conexão entre a realidade local e o global.

Publicado
2020-11-18
Como Citar
BUZAGLO, Luis Felipe; SOUSA, Isaque dos Santos. SOCIEDADE EM REDE E METROPOLIZAÇÃO: REFLEXOS NA PAISAGEM URBANA DA REGIÃO METROPOLITANA DE MANAUS. ContraCorrente: Revista do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas, [S.l.], n. 14, p. 65 - 77, nov. 2020. ISSN 2525-4529. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/contracorrente/article/view/1965>. Acesso em: 05 dez. 2020.