O alcance de um grito: uma reflexão acerca da estética e cosmovisão expressionista

  • Alexandre Rodrigues Gomes UEA
  • Otávio Rios UEA

Resumo

Este artigo discorre sobre o Expressionismo enquanto fenômeno estético visão da realidade, mapeando suas manifestações e influência cultural através da literatura e outras artes, assim como o período finissecular em que o termo expressionismo passou a ser empregado. A metodologia de trabalho consistiu em leitura e discussão, fichamento e produção de resenhas das obras estudadas e de sua respectiva fortuna crítica. Por se tratar de um trabalho de hermenêutica, a pesquisa teve caráter qualitativo, através de revisão bibliográfica. Entre os resultados, assinalam-se a constatação de expressionismo(s) em língua portuguesa e a evidência do Expressionismo não apenas como vanguarda cultural situada num contexto histórico e geográfico específico -- que são as sociedades nórdica, germânica e do centro-leste europeu, durante a passagem do século XIX para século XX - mas também como estética absolutamente atemporal, cujas raízes remontam à Idade Média e ao Barroco e cuja influência prossegue até os dias hoje.

Publicado
2018-11-30
Como Citar
GOMES, Alexandre Rodrigues; RIOS, Otávio. O alcance de um grito: uma reflexão acerca da estética e cosmovisão expressionista. Contra Corrente, [S.l.], n. 12, p. 35-50, nov. 2018. ISSN 2525-4529. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/contracorrente/article/view/1206>. Acesso em: 15 dez. 2018.