COVID-19 E A EDUCAÇÃO: UMA FALTA QUASE (NÃO) JUSTIFICADA

Resumo

O presente trabalho consiste em uma pesquisa documental com objetivo de analisar o impacto da Covid-19 no cenário educacional público brasileiro, por meio da investigação de portais de revista virtuais. Os dados foram coletados entre os meses de junho à setembro de 2021, datados do mesmo ano respectivamente. Após a busca inicial, foram selecionados dez reportagens, utilizando para análise das mesmas o software IRAMUTEQ. Dentre as técnicas disponíveis nesse tipo de dispositivo, se optou pela nuvem de palavras. As palavras com maiores incidências no estudo foram: escola, dificuldades, online, professores, ausência, alunos, atraso, pandemia e Covid-19. Com base nos resultados encontrados, o Brasil encara uma difícil realidade em sua Educação. A falta de estrutura para alunos e professores compromete o andamento das aulas síncronas. Além disso, a falta de políticas públicas para sanar essas e outras barreiras têm sido bastante recorrente e criticado.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Graduação em Psicologia pelo Centro Universitário UniFacid | Wyden. Mestrando do Programa de Pós Graduação em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Maria - UFSM. 

 
##submission.authorWithAffiliation##

Pesquisadora e Coordenadora Adjunta da Fiocruz Piauí. Possui Graduação em Serviço Social pela Universidade Federal Fluminense (1997), Mestrado em Ciências pelo Instituto Fernandes Figueira/ Fundação Oswaldo Cruz (2002) e Doutorado em Ciências pelo Instituto Fernandes Figueira /Fundação Oswaldo Cruz (2007). Docente Permanente do Programa de Pós Graduação em Políticas Públicas da Universidade Federal do Piauí - PPGPP/UFPI. 

 

##submission.authorWithAffiliation##

Possui graduação em Bacharelado em Serviço Social pela Faculdade Adelmar Rosado (2005), mestrado em Interinstitucional em Serviço Social pela Universidade Federal de Pernambuco (2011) e doutorado em Ciências da Educação - Universidad Internacional Tres Fronteras (2018). Atualmente é pesquisadora em Saúde Pública na Fiocruz-PI.

 

Referências

ALMEIDA, Silvio. Racismo estrutural. São Paulo: Editora Pólen Livros, 2019.

ALVES, Lynn. Educação remota: entre a ilusão e a realidade. Interfaces Científicas-Educação, v. 8, n. 3, p. 348-365, 2020.

AMARAL, Manoel Francisco do; NUNES, Rosana Helena; AMARAL, Kelly Janaine. A educação como direito humano e o ensino tecnológico em tempo de pandemia: limites e contradições. Filosofia e Educação, v. 12, n. 3, 2020.

ARRUDA, Eucidio Pimenta. Educação remota emergencial: elementos para políticas públicas na educação brasileira em tempos de Covid-19. EmRede-Revista de Educação a Distância, v. 7, n. 1, p. 257-275, 2020.

AVELINO, Wagner Feitosa; MENDES, Jessica Guimarães. A realidade da educação brasileira a partir da COVID-19. Boletim de Conjuntura (BOCA), v. 2, n. 5, p. 56-62, 2020.

BAADE, Joel Haroldo et al. Professores da educação básica no Brasil em tempos de COVID-19. HOLOS, v. 5, p. 1-16, 2020.

BONFANTI, Ana Letícia; GOMES, Aguinaldo Rodrigues. A quem protegemos quando não falamos de gênero na escola? Revista Periódicus, v. 1, n. 9, p. 105-121, 2018.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Censo da Educação Básica 2019: Resumo Técnico. Brasília, 2020.

COSTA, Maria Aparecida Alves da; SILVA, Francisco Mário Carneiro da; SOUZA, Davison da Silva. Parceria entre escola e família na formação integral da criança. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades-Rev. Pemo, v. 1, n. 1, p. 1-14, 2019.

CRISTO, Hélio Souza de. A quem serve o Exame Nacional do Ensino Médio em tempos de pandemia da Covid-19 no Brasil?. Revista Espaço Acadêmico, v. 20, n. 224, p. 262-273, 2020.

CRUZ, Leonardo Ribeiro da; VENTURINI, Jamila Rodrigues. Neoliberalismo e crise: o avanço silencioso do capitalismo de vigilância na educação brasileira durante a pandemia da Covid-19. Revista Brasileira de Informática na Educação, v. 28, p. 1060-1085, 2020.

CUNHA, Leonardo Ferreira Farias da; SILVA, Alcineia de Souza; SILVA, Aurênio Pereira da. O ensino remoto no Brasil em tempos de pandemia: diálogos acerca da qualidade e do direito e acesso à educação. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, Brasília, v. 7, n. 3, p. 27-37, ago. 2020.

DIAS, Érika. A Educação, a pandemia e a sociedade do cansaço. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., Rio de Janeiro, v.29, n.112, p. 565-573, jul./set. 2021.

GOES, Emanuelle Freitas; RAMOS, Dandara de Oliveira; FERREIRA, Andrea Jacqueline Fortes. Desigualdades raciais em saúde e a pandemia da Covid-19. Trabalho, Educação e Saúde, v. 18, 2020.

KOHAN, Walter Omar. Tempos da escola em tempo de pandemia e necropolítica. Práxis Educativa (Brasil), v. 15, 2020.

MARQUES, Ronualdo. O PROFESSOR EM TRABALHO REMOTO NO CONTEXTO DA PANDEMIA DA COVID-19. Boletim de Conjuntura (BOCA), v. 6, n. 16, p. 06-14, 2021.

MBEMBE, Achille. Necropolítica. N-1 Edições, 2021.

OLIVEIRA, Carlos Daniel Rodrigues de; MARQUES, Samuel Carlos Santos; ALVES, Rahyan de Carvalho. IMPACTOS DO RACISMO ESTRUTURAL NO ENSINO CONTÍNUO DA POPULAÇÃO NEGRA: UMA ANÁLISE DO NORTE DE MINAS GERAIS. Revista Ciranda, v. 5, n. 3, p. 198-216, 2021.

OLIVEIRA, Hudson do Vale de; SOUZA, Francimeire Sales. de Do conteúdo programático ao sistema de avaliação: reflexões educacionais em tempos de pandemia (COVID-19). Boletim de Conjuntura (BOCA), v. 2, n. 5, p. 15-24, 2020.

OLIVEIRA, João Batista Araujo; GOMES, Matheus; BARCELLOS, Thais. A Covid-19 e a volta às aulas: ouvindo as evidências. Ensaio: avaliação e políticas públicas em educação, v. 28, p. 555-578, 2020.

OLIVEIRA, Victor Hugo Nedel. “O ANTES, O AGORA E O DEPOIS”: ALGUNS DESAFIOS PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA FRENTE À PANDEMIA DE COVID-19. Boletim de Conjuntura (BOCA), v. 3, n. 9, p. 19-25, 2020.

PEREIRA, Hortência Pessoa; SANTOS, Fábio Viana; MANENTI, Mariana Aguiar. Saúde mental de docentes em tempos de pandemia: os impactos das atividades remotas. Boletim de Conjuntura (BOCA), v. 3, n. 9, p. 26-32, 2020.

RODRIGUES, Neidson. Educação: da formação humana à construção do sujeito ético. Educação & Sociedade, v. 22, p. 232-257, 2001.

RODRÍGUEZ, Margarita Victoria. A origem da escola moderna: o legado de Condorcet. Acta Scientiarum. Education, v. 32, n. 1, p. 67-74, 2010.

SANTANA, Camila Lima et al. AULA EM CASA: EDUCAÇÃO, TECNOLOGIAS DIGITAIS E PANDEMIA COVID-19. Interfaces Científicas-Educação, v. 10, n. 1, p. 75-92, 2020.

SANTANA, Rosimeiry Souza et al. Educação e a formação humana: Um estudo sobre a concepção de emancipação nos espaços educacionais. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 7, p. 42282-42299, 2020.

SANTOS JUNIOR, Verissimo Barros dos; MONTEIRO, Jean Carlos da Silva. Educação e covid-19: as tecnologias digitais mediando a aprendizagem em tempos de pandemia. Revista Encantar-Educação, Cultura e Sociedade, v. 2, p. 01-15, 2020.

SÁ-SILVA, Jackson Ronie; ALMEIDA, Cristovão Domingos de; GUINDANI, Joel Felipe. Pesquisa documental: pistas teóricas e metodológicas. Revista brasileira de história & ciências sociais, v. 1, n. 1, p. 1-15, 2009.

SARAIVA, Karla; TRAVERSINI, Clarice Salete; LOCKMANN, Kamila. A educação emtempos de COVID-19: ensino remoto e exaustão docente. Práxis educativa. Ponta Grossa, PR. Vol. 15 (2020), e2016289, p. 1-24, 2020.

SOARES, Karine da Silva; BACZINSKI, Alexandra Vanessa de Moura. A meritocracia na educação escolar brasileira. Temas & Matizes, v. 12, n. 22, p. 36-50, 2018.

SOUZA, Marli Aparecida Rocha de et al. O uso do software IRAMUTEQ na análise de dados em pesquisas qualitativas. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 52, 2018.
Publicado
2022-12-31
Como Citar
SOUSA JUNIOR, Paulo de Tarso Xavier; DO NASCIMENTO, Elaine Ferreira; DO MONTE, Liana Maria Ibiapina. COVID-19 E A EDUCAÇÃO: UMA FALTA QUASE (NÃO) JUSTIFICADA. Revista Vagalumear, [S.l.], v. 2, n. 3, p. 61-71, dez. 2022. ISSN 2763-9916. Disponível em: <https://periodicos.uea.edu.br/index.php/rv/article/view/2329>. Acesso em: 23 jun. 2024.
Seção
Dossiê: Psicologia, educação e exclusões - ecos da pandemia.