Cidade Educadora: questões teóricas e possibilidades pedagógicas e curriculares

Resumo

O presente texto resulta de uma pesquisa de mestrado que tem como temática a cidade educadora. O objetivo desse artigo é apresentar uma discussão teórica sobre a cidade educadora como possibilidade pedagógica e curricular para diferentes áreas do conhecimento, especialmente para a educação básica. Partimos da contextualização do conceito de cidade educadora, destacando seus princípios e levantando reflexões sobre as potencialidades da adoção desta perspectiva para o ensino na educação básica. A pesquisa bibliográfica que resultou na escrita deste artigo selecionou os textos de Arroyo (2013), Cabezudo (2004), Gadotti (2006), Freire (2018), Sacristán (2017) e Pacheco (2001) que foram analisados e cujos resultados são aqui discutidos. Conclui-se que a perspectiva da cidade educadora apresenta grande potencialidade na promoção de novas possibilidades pedagógicas e curriculares na educação básica, pois os princípios educativos nela contidos possibilitam o redescobrimento da cidade e a ampliação da noção de espaço de aprendizado.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Mestre em Currículo e Gestão da Escola Básica pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Básica (PPEB) do Núcleo de Estudos Transdisciplinares em Educação Básica (NEB) da Universidade Federal do Pará (UFPA). Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal do Pará (2007). Trabalha como professora da rede pública de ensino do estado do Pará, no município de Salinópolis onde leciona a disciplina de Geografia para as turmas do Ensino Médio nas escolas Aracy Alves Dias e Dom Bosco.

##submission.authorWithAffiliation##

Graduado em Geografia (Bacharelado e Licenciatura) e Pedagogia (Licenciatura Plena) pela Universidade Federal do Pará. Mestre em Educação (Currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1996) e Doutor em Geografia (Geografia Física) pela Universidade de São Paulo (2001). Realizou estagio de pós-doutoramento no Institut National de Recherche Pédagogique da França (INRP), desenvolvendo atividades de pesquisa no Service d'Histoire de l'Education, no período de novembro de 2006 à dezembro de 2007. Professor Titular da Universidade Federal do Pará, exercendo atividades no Programa de Pós-Graduação em Currículo e Gestão da Escola Básica (Mestrado) e no Programa de Pós-Graduação em Educação na Amazônia (Doutorado) . É Diretor Geral do Núcleo de Estudos Transdisciplinares em Educação Básica da UFPA; Secretario Regional da SBPC (Biênio 2017-2019 e 2019-2021); Sócio do Instituto Histórico e Geográfico do Pará (IHGP); membro da Comissão Justiça e Paz (CNBB Norte II); e Tutor do Grupo PET Interdisciplinar Conexões de Saberes.

Referências

ARROYO, M.G. Currículo, território em disputa. 5ª Ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

BRASIL, Ministério da Educação e do Desporto. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Parecer nº CEB 15/98. Brasília: Conselho Nacional de Educação, 1998.

BRADA, A.; RIOS, G. Argumentos e estratégias para a construção da Cidade Educadora. In. Cidade Educadora: princípios e experiências. São Paulo: Cortez; Instituto Paulo Freire; Buenos Aires: Ciudades Educadoras América Latina, 2004.

CABEZUDO, A. Cidade educadora: uma proposta para os governos locais. In. Cidade educadora: princípios e experiências. São Paulo: Cortez; Instituto Paulo Freire; Buenos Aires: Ciudades Educadoras América Latina, 2004.

ESPAÇOS URBANOS E CIDADES EDUCADORAS. Rosário, Argentina: Associação Internacional de Cidades Educadoras (AICE), v.1, n. 5, agosto 2019.

FERREIRA, A.L.T. D. O novo paradigma do saber e os dispositivos urbanos para uma cidade educadora. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Fede-ral do Espírito Santo. Vitória, p.154. 2012.
FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 66ª ed. São Paulo. Paz e Terra, 2018.
______. FREIRE, Política e Educação. 2° Ed.. São Paulo, Paz e Terra, 2015.
______. FREIRE, Educação permanente e cidade educativa, 1991. Relatório da Série N.º: Obra de Paulo Freire; Série Manuscritos. Disponível em: http://acervo.paulofreire.org:80/xmlui/handle/7891/1539. Acesso em: 10 de outubro de 2019.

GADOTTI, M. A Escola na cidade que educa. Cadernos CENPEC, São Paulo, vol. 1, n.1, p.133-139. 2006. Disponível em: http://cadernos.cenpec.org.br/cadernos/index.php/cadernos/article/view/160/189. Acesso em: 17 abril 2019.

GADOTTI, M.; PADILHA, P.R.; CABEZUDO, A. (Orgs.). Cidade educadora: princípios e experiências. São Paulo: Cortez; Instituto Paulo Freire; Buenos Aires: Ciudades Educadoras América Latina, 2004.

MANGANOTTE, M. B. Escola que inclui, cidade que educa: apropriação do Programa Mais Educação em uma escola na periferia de São Paulo. Dissertação (Mestrado em Edu-cação) - Universidade de São Paulo. São Paulo, p.237. 2018
MOLL, J. A Cidade Educadora como possibilidade – apontamentos. In: CONZATTI, M.; FLORES, M. L. R.; TOLEDO, L. (orgs). Da escola cidadã à cidade educadora: a experiência de Porto Alegre. Porto Alegre: Prefeitura Municipal de Porto Alegre, 2004, p.39-64.
MOREIRA, A. F.; TADEU, T. Sociologia e teoria crítica do currículo: uma introdução. In.: MOREIRA, A. F.; TADEU, T. Currículo, cultura e soci-edade.12 ed. São Paulo: Cortez, 2013.
PAETZOLD, O. S. B. Educação e cidadania na perspectiva da cidade educadora: uma proposta para Frederico Westphalen. Dissertação (Mestrado em Educação) Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Vale do Rio dos Sinos. São Leopoldo, p. 151. 2006.
PACHECO, J. (2001). Currículo: Teorias e Praxis. Porto: Porto Editora
SACRISTÁN, J.G. O currículo: uma reflexão sobre a prática. Porto Alegre: ARTMED, 2017.
SANTOS, M. O Espaço do Cidadão. São Paulo, EDUSP, 6ª ed. 2014.

TADEU, T. S. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. 3 Ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2019.

VIANA, L. L. Cidade e Processos Educativos: CIEPs E PEU Bairro-Escola no Caminho das Cidades Educadoras. Dissertação (Mestrado em Educação, Cultura e Comunicação). Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Duque de Caxias, p. 127. 2011.

VILAR, A. J. Porto Alegre e a Prática Cotidiana de Cidade Educadora. In: TOLEDO, L; FLORES, M. L. R.; CONZATTI, M. (Orgs.). Cidade Educadora: a experiência de Porto Alegre. São Paulo: Cortez e Instituto Paulo Freire; Buenos Aires: Cidades Educadoras América Latina, 2004. p. 73-82. (Coleção Cidades Educadoras)
Publicado
2022-01-30
Como Citar
SILVA, ELANY CRISTINA BARROS DA; ROCHA, GENILTON ODILON RÊGO DA. Cidade Educadora: questões teóricas e possibilidades pedagógicas e curriculares. Revista Vagalumear, [S.l.], v. 2, n. 2, p. 15-30, jan. 2022. ISSN 2763-9916. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/rv/article/view/2353>. Acesso em: 08 dez. 2022.