MOBILIZAÇÃO DE IDEIAS MATEMÁTICAS NA CONSTRUÇÃO DE CASAS NA AGROVILA DO CABURI-PARINTINS-AM: IMPLICAÇÕES PARA O ENSINO DA MATEMÁTICA

  • Nilciane Rocha Batalha UEA

Resumo

Com o intuito de compreender as ideias matemáticas mobilizadas na construção de casas, analisando se é possível inserir tais ideias em um contexto educacional, a fim de melhorar o processo de ensino aprendizagem, realizamos uma pesquisa qualitativa, com dois carpinteiros na Agrovila do Caburi, localizada a 42 km da sede do munícipio de Parintins-AM. Para a construção dos dados, utilizamos observações diretas; entrevistas semiestruturadas; registros fotográficos e análise documental. Os resultados indicam que nas atividades desenvolvidas na prática dos carpinteiros há o enfretamento e a resolução de situações problemas que são próprias do contexto profissional, e na busca de resolução para essas situações que se apresentam, e durante toda a prática, os sujeitos mobilizam ideias matemáticas, enraizadas culturalmente, que podem ser relacionadas com conteúdos ensinados na escola, principalmente no Ensino Fundamental. Essa relação pode ser um meio de ensinar matemática, além de incentivar os alunos a interessarem-se em aprender a disciplina, ao encontrarem referências significativas nos conteúdos que estão estudando em um contexto mais próximo da realidade vivida por eles.

Publicado
2020-10-09
Como Citar
BATALHA, Nilciane Rocha. MOBILIZAÇÃO DE IDEIAS MATEMÁTICAS NA CONSTRUÇÃO DE CASAS NA AGROVILA DO CABURI-PARINTINS-AM: IMPLICAÇÕES PARA O ENSINO DA MATEMÁTICA. Marupiara | Revista Científica do CESP/UEA, [S.l.], n. 7, p. 136-153, out. 2020. ISSN 2527-0753. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/marupiara/article/view/1937>. Acesso em: 31 out. 2020.
Seção
Artigos