ENSINAR E APRENDER CIÊNCIAS: O QUE DIZEM PROFESSORES?

  • Sandro Tiago da Silva Figueira Fiocruz
  • Helena Amaral da Fontoura UERJ

Resumo

Estudos que focalizam o ensino e aprendizagem em ciências nos anos iniciais sinalizam o despreparo dos profissionais que atuam neste nível, seja pela identificação de um ensino que pauta-se na transmissão e memorização ou pela dificuldade em abordar os conteúdos. Esses fatores culminam com a desmotivação e insegurança em abordar os conhecimentos de ciências. Ancorados na perspectiva qualitativa e tendo o processo de tematização (FONTOURA, 2011) como traçado para análise dos dados, buscamos compreender como os professores dos anos iniciais concebem o ensino de questões correlatas aos três blocos temáticos expressos nos Parâmetros Curriculares Nacionais para o primeiro segmento do ensino fundamental. Nossos resultados apontam que as aprendizagens em ciências devem extrapolar a transmissão de conceitos e de produtos deste campo do saber, desenvolvendo atitudes frente ao conhecimento científico que promova a construção de posturas responsáveis entre os seres humanos, conhecimento e ambiente. Com as professoras pudemos ter outra visão do processo de ensinar ciências, diferentes dos estudos que as culpabilizam. Mostraram-nos que apesar das possíveis lacunas formativas e dos empecilhos presentes nas escolas, criam, inventam e transformam as dificuldades em possibilidades.

Publicado
2018-03-14
Como Citar
FIGUEIRA, Sandro Tiago da Silva; FONTOURA, Helena Amaral da. ENSINAR E APRENDER CIÊNCIAS: O QUE DIZEM PROFESSORES?. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, [S.l.], v. 11, n. 23, p. 55-62, mar. 2018. ISSN 1984-7505. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/arete/article/view/865>. Acesso em: 26 abr. 2018.
Seção
Artigos