Discurso 50+:

Idade, Etarismo e uma perspectiva de mudança

  • Neiva Maria Machado Soares

Resumo

Este artigo em uma perspectiva transdisciplinar coloca em diálogo diferentes áreas do conhecimento ao trazer à discussão o tema idade,
envelhecimento e etarismo/ idadismo no Brasil. Toma como teorias de base as de autores como Goldani (2010), Levy (2003) e Beauvoir (1970), Goldenberg
(2021), Fairclough (2003) e Kress (2011, 2012) e Kress e van Leeuwen (1996, 2006). Tem como objetivo analisar o discurso visual e verbal quanto à temática
envelhecimento e seus possíveis desdobramentos. O corpus constitui-se em um vídeo de 2022, relativo a uma peça publicitária da empresa Natura. A
análise combina a Gramática do Design Visual (GDV), Kress e van Leeuwen (1996, 2006), quanto ao Significado Interacional; Baldry e Thibault (2006),
para imagens em movimento e Análise Crítica de Discurso, Fairclough (2003) quanto aos significados Representacional, Identificacional e Acional. As
análises, quanto ao discurso visual, retratam a participante, em plano médio, que olha diretamente para o observador demandando uma ação ou mesmo
reflexão em relação ao tema-alvo do vídeo. No que se refere ao texto verbal, no Significado Acional, observa-se a narrativa pessoal da participante, as
sentenças estão no nível da declaração e da demanda, as afirmações são claras e diretas, os questionamentos pontuais referentes ao episódio vivenciado
de etarismo; no Significado Representacional, destacam-se o hibridismo discursivo e a caracterização da atriz social como inclusa na cena, identificada,
nomeada individualmente, com destaque para pronome em primeira pessoa e para o processo relacional estar que se associa aos elementos identitários
que representam a voz da agente e participante do evento; no Significado Identificacional, revela-se a dialogicidade, a interlocução da participante, uso
de adjetivos auto avaliativos que evidenciam as características pessoais. O discurso, por fim, conduz a voz de uma mulher, que muitas vezes sofre mais
com manifestações etaristas, ao mesmo tempo em que sinaliza a necessidade de mudança e de conscientização em relação à temática. O vídeo e os estudos
voltados para o etarismo podem contribuir para que possamos começar a romper barreiras e construir um caminho mais equânime e justo no quesito
idade e seus desdobramentos no Brasil.

Publicado
2023-12-13
Como Citar
SOARES, Neiva Maria Machado. Discurso 50+:. ContraCorrente: Revista do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas, [S.l.], n. 20, p. 128-157, dez. 2023. ISSN 2525-4529. Disponível em: <https://periodicos.uea.edu.br/index.php/contracorrente/article/view/3303>. Acesso em: 23 jun. 2024. doi: https://doi.org/10.59666/cc-ppgich.v0i20.3303.