Desafios para uma cidade ser educadora com, para e por todos: contradições e possibilidades

Resumo

O artigo de natureza bibliográfica e documental objetiva discutir as possibilidades e condições para uma cidade ser efetivamente educadora. Para tornar-se efetivamente educadora uma cidade precisa atender não apenas critérios gerais e abstratos, mas efetivar no cotidiano práticas que assegurem a participação e a vivência dos cidadãos na vida socioeconômica e cultural visando uma cidade com, para e por todos. Para dar conta dessa discussão serão analisados alguns pressupostos da dialética, especialmente os conceitos de contradição e totalidade, fundamentais para compreender a complexidade da cidade na contemporaneidade, bem como, os limites e possibilidades de efetivação da cidadania. Na sequência, serão analisados alguns princípios que identificam uma cidade como educadora. Nas considerações finais apontam-se alguns desafios que dificultam a sua efetivação, como a mercantilização da cidade; a necessidade da formação de cidadãos democráticos; o atendimento das condições básicas de vida da população, mas também possibilidades da cidade constituir-se como espaço educativo.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Doutor em História Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1999). Pós-doutorado em educação intercultural pela UFSC. Professor e pesquisador na Faculdade de Educação da Universidade de Passo Fundo atuando na graduação e no PPGEDU (mestrado e doutorado) na linha de políticas educacionais. É líder do grupo de pesquisa no CNPq: Movimentos sociais populares, Estado e Políticas públicas.

##submission.authorWithAffiliation##

Doutoranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEDU) da Universidade de Passo Fundo. Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Direito da Faculdade Meridional. Professora na Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis da Universidade de Passo Fundo.

Referências

ASOCIACIÓN INTERNACIONAL DE CIUDADES EDUCADORAS. Carta das Cidades Educadoras. Disponível em: https://www.edcities.org/rede-portuguesa/wp-content/uploads/sites/12/2018/09/Carta-das-cidades-educadoras.pdf. Acesso em: 29 out. 2021.

BERNET, Jaume Trilla. “Introdução”. In: E. A. Educadores, La Ciudad Educadora = La Ville Éducatrice Barcelona. Barcelona: Ajuntament de Barcelona, 1990. p. 06-21.
BOLTANSKI, Luc; CHIAPELLO, Ève. O novo espírito do capitalismo. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. 15.ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2011.

CARLOS, Ana Fani Alessandri. A Cidade. São Paulo: Contexto, 1997.

CARTA MUNDIAL PELO DIREITO À CIDADE. Disponível em: https://polis.org.br/direito-a-cidade/referencias/. Acesso em: 22 out. 2021.

CURY, Carlos Roberto Jamil. Educação e contradição: elementos metodológicos [para uma teoria crítica do fenômeno educativo. 3.ed. São Paulo: Cortez, 1987.

ELIAS, Norbert; SCOTSON, John. Os estabelecidos e os outsiders. Rio de Janeiro: Zahar, 2000.

GADOTTI, Moacir. PADILHA, Paulo Roberto. CABEZUDO, Alicia. Cidade Educadora: princípios e experiencias. São Paulo: Cortez: Instituto Paulo Freire; Buenos Aires: Ciudades Educadoras America Latina, 2004. p. 11-14.

HARVEY, David. SE A CIDADE FOSSE NOSSA. David Harvey fala da importância de uma cidade pensada para seu povo. Publicado no Canal Se o Estado do Rio Fosse Nosso. 2015. 2:55 min. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=PW_ejJOR0tM. Acesso em: 22 out. 2021.

KOSIK, Karel. Dialética do concreto. 3.ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.

LEONARDI, Victor. História da indústria e do trabalho no Brasil. São Paulo: Ática, 1982.

MARX, Karl. Auto-avaliação: porte e significado de O Capital: posfácio à 2ª edição. In: FERNANDES, Florestan (Org.). Marx Engels: história. 2.ed. São Paulo: Ática, 1984, p. 422-430.

MARX, Karl. O Capital: crítica da economia política - o processo global da produção capitalista. Volume III, Livro Terceiro, Tomo 2. 2.ed. São Paulo: Nova Cultural, 1986.

MOLL, Jaqueline. Conceitos e pressupostos: o que queremos dizer quando falamos de educação integral? Salto para o Futuro. Educação Integral. 2008. p. 11-16. Disponível em: http://www.ufrgs.br/projetossociais/Biblioteca/4_TV_Escola_Educacao_Integral.pdf. Acesso em: 22 out. 2021.

MUMFORD, Lewis. A cidade na história: suas origens, transformações e perspectivas. 2ed. São Paulo: Martins Fontes, 1982.

PESAVENTO, Sandra Jatahi. O Imaginário da Cidade. Visões literárias do urbano. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2002.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Introdução a uma Ciência Pós-Moderna. São Paulo: Graal, 1989.

SENNETT, Richard. A cultura do novo capitalismo. Rio de Janeiro: Record, 2006.

SINGER, Helena. Territórios educativos: experiências em diálogo com o Bairro-Escola. Do espaço escolar ao território educativo: entrevista com Bia Goulart. Vol. 1. São Paulo: Moderna, 2015. p.93-100.

SOUZA, Jessé. Como o racismo criou o Brasil. Rio de Janeiro: Estação Brasil, 2021.

TASCHETO, Márcio. Da cidade universitária à cidade como oportunidade pedagógica: Extensão, currículo e território. Espaços Urbanos e Cidades Educadoras/Caderno de debate n. 5. p. 27-31. Disponível em: https://www.edcities.org/pt/wp-content/uploads/sites/46/2019/08/C.-DEBATE-V-portugues.pdf. Acesso em: 23 out. 2021.

TEIXEIRA, Anísio Spínola. Educação não é privilégio. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2007.

TONUCCI, Francesco. É partindo da infância que se constrói uma cidade para todos. Entrevista concedida a Raiana Ribeiro. Portal Aprendiz. 2016. Disponível em: https://portal.aprendiz.uol.com.br/2016/10/04/tonucci-e-partindo-da-infancia-que-se-constroi-uma-cidade-para-todos/. Acesso em: 24 out. 2021.

UCZAI, Pedro; MARCON, Telmo. O fazer-se da cidade de Chapecó: disputas pelas memórias, praças e bairros. In: RAMPINELLI, Waldir José (Org.). História e poder: a reprodução das elites em Santa Catarina. Florianópolis: Insular, 2003, p. 81-104

VILLAR, Maria Belén Caballo. A Cidade Educadora. Lisboa: Instituto Piaget, 2001

WEBER, Max. A ética protestante e o espírito do capitalismo. 5.ed. São Paulo: Pioneira, 1987.

WILLIAMS, Raymond. Cultura e materialismo. São Paulo: Edunesp, 2011.
Publicado
2022-01-30
Como Citar
MARCON, Telmo; DOS SANTOS, Daniela. Desafios para uma cidade ser educadora com, para e por todos: contradições e possibilidades. Revista Vagalumear, [S.l.], v. 2, n. 2, p. 76-90, jan. 2022. ISSN 2763-9916. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/rv/article/view/2354>. Acesso em: 01 dez. 2022.