PENSAR A FRONTEIRA E AS RELAÇÕES TRANSFRONTEIRIÇAS: DOS SENTIDOS À SEGURANÇA NUMA LEITURA TRANSVERSAL

  • Gustavo Glodes Blum UFPR
  • Gustavo Schmid Queiroz UFPR

Resumo

O presente trabalho busca realizar uma compreensão transversal a respeito dos sentidos da fronteira e das relações transfronteiriças. Através de uma revisão bibliográfica que compreende algumas leituras de diversas ciências e áreas de conhecimento, o trabalho apresenta a relação entre as determinações conceitual-teóricas da fronteira, sua vivência para as comunidades que estão diretamente e indiretamente relacionadas com ela, mas também a forma como o Estado pensa estas mesmas fronteiras. Na primeira seção, aborda-se estes sentidos construídos sobre a fronteira para, na segunda seção, identificar as relações da fronteira com o Estado e a ideia de segurança. Finaliza-se com uma nova proposta de agenda de pesquisa pautada nesta relação, mas que esteja mais centralizada na fronteira que no pensamento estatal a respeito dela.

Publicado
2017-07-05
Como Citar
BLUM, Gustavo Glodes; QUEIROZ, Gustavo Schmid. PENSAR A FRONTEIRA E AS RELAÇÕES TRANSFRONTEIRIÇAS: DOS SENTIDOS À SEGURANÇA NUMA LEITURA TRANSVERSAL. Revista Geopolítica Transfronteiriça, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 63-82, jul. 2017. ISSN 2527-2349. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/revistageotransfronteirica/article/view/624>. Acesso em: 14 dez. 2017.
Seção
Artigos