Crise tireotóxica como diagnóstico diferencial de doença psquiátrica: Relato de Caso / Thyrotoxic crisis in the differential diagnosis of psychiatric disorders: Case Report

  • Viviane de Macedo PUCPR
  • Yumi Hoshi Fundação de Medicina Tropical do Amazonas

Resumo

Crise tireotóxica é uma condição rara, que reflete um estado fisiológico extremo dentro do espectro de tireotoxicose. Pode comprometer diversos sistemas corporais, dentre eles, o sistema nervoso central. Embora as alterações de humor e comportamento devido à tireotoxicose possam ocorrer, as características neuropsiquiátricas graves, tais como psicose, crises convulsivas ou coma são raramente encontradas. O objetivo desse estudo foi apresentar um relato de caso de uma paciente, 41 anos que iniciou quadro súbito de agitação psicomotora, taquilalia e delírio religioso. Era previamente hígida e sem comorbidades. Achados clínicos e laboratoriais (TSH suprimido com T4 > 6) sugeriram, dentre os diagnósticos de alterações neuropsiquiátricas de origem secundária, a Crise Tireotóxica, pontuando 55 pontos pelos critérios diagnósticos de Bruch e Wartoksky (temperatura: 37,7; psicose; frequência cardíaca:135; fator precipitante). A fisiopatologia dos sintomas neuropsiquiátricos na crise tireotóxica ainda não é clara e algumas teorias são propostas. A irreversibilidade do quadro neurológico mesmo com a instituição da terapêutica medicamentosa adequada pode acontecer como evidenciado na paciente desse relato de caso, que mesmo tendo recebido o tratamento medicamentoso preconizado pela literatura, permaneceu com as manifestações neuropsiquiátricas, embora outros sinais e sintomas da crise tireotóxica tivessem sido eliminados.

Publicado
2017-05-17
Como Citar
DE MACEDO, Viviane; HOSHI, Yumi. Crise tireotóxica como diagnóstico diferencial de doença psquiátrica: Relato de Caso / Thyrotoxic crisis in the differential diagnosis of psychiatric disorders: Case Report. Revista de Ciências da Saúde da Amazônia, [S.l.], n. 1, p. 78-88, maio 2017. ISSN 2447-486X. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/cienciasdasaude/article/view/412>. Acesso em: 12 dez. 2017.
Edição
Seção
Relato de Caso