Níveis séricos de 25-hidroxivitamina D em idosos com Diabetes mellitus tipo 2 atendidos em um Hospital Universitário de Ribeirão Preto (SP).

  • André Luiz Cicilini UNAERP
  • Malena Verona Singling
  • Karen Andreza da Silva UNAERP
  • Adriana Pelegrino Pinho Ramos UNAERP

Resumo

Objetivos: quantificar os níveis séricos de 25-hidroxivitamina D [25(OH)D] em pacientes idosos com diabetes mellitus tipo 2 (DM2) e o perfil epidemiológico associado. Métodos: dosagem de 25(OH)D em pacientes  ≥ 60 anos e diagnóstico de DM2 confirmado. Resultados: inclusos 81 pacientes, 59 mulheres e 29 homens com idade de 69,77 (±7,30) anos. Brancos: 64,20%; Pardos 19,75%; Pretos: 9,88%; Amarelos: 6,17%. Suplementação de vitamina D: 12,34%. Nível sérico de 25(OH) D: 24,63 (±7,89) ng/mL – insuficiência; 23,46% suficientes, 28,40% deficientes e 48,15% insuficientes. Homens: 26,57 (±8,33) ng/mL, Mulheres: 23,42 (± 6,66) ng/mL (t de Student p = 0,0348). Por IMC: peso normal 24,33 (±8,02) ng/mL, sobrepeso: 26,74 (±6,93) ng/mL, obesidade grau I: 20,94 (±8,32) ng/mL, obesidades graus II e III: 18,78 (±8,75) ng/mL (ANOVA One way p = 0,0189). Por controle glicêmico - HbA1c <7,5%: 27,85 (±7,70) ng/mL; ≥7,5%: 20,71 (±6,50) ng/mL (t de Student p= 0,001). Glicemia Jejum < 130 mg/dL:  26,87 (±7,57) ng/mL, >130 mg/dL: 22,04 (±6,91) ng/mL (t de Student p = 0,003). Glicemia pós-prandial <180 mg/dL: 25,54 (±7,22) ng/mL, ≥180 mg/dL: 21,24 (±6,49) ng/mL (t de Student p = 0,003). Conclusão: houve prevalência elevada de hipovitaminose D em pacientes idosos com DM2, sendo maior em mulheres e obesos graus II e III. Possíveis causas: obesidade, síndrome metabólica, menopausa e baixa exposição solar. Identificada relação inversa entre os níveis séricos de 25(OH)D e as variáveis de controle de glicêmico (HbA1c, GJ e GPP).

Publicado
2019-11-25
Como Citar
CICILINI, André Luiz et al. Níveis séricos de 25-hidroxivitamina D em idosos com Diabetes mellitus tipo 2 atendidos em um Hospital Universitário de Ribeirão Preto (SP).. Revista de Ciências da Saúde da Amazônia, [S.l.], n. 1, p. 3-24, nov. 2019. ISSN 2447-486X. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/cienciasdasaude/article/view/1437>. Acesso em: 14 jul. 2020.