ANESTESIA EM PACIENTE COM MIOEPITELIOMA EM PALATO DURO UTILIZANDO NASOFIBROSCOPIA.

  • Cleostenes Farias do Vale Junior Universidade Federal do Amazonas
  • Wagner de Paula Rogerio
  • Andrezza Monteiro Rodrigues da Silva Universidade do Estado do Amazonas
  • Clarissa de Magalhães Pereira de Souza Fundação Hospital Adriano Jorge

Resumo

O mioepitelioma é uma lesão tumoral de células mioepiteliais de caráter benigna, bastante raro. Dependendo do seu tamanho e localização pode levar o paciente a se encaixar na condição de via área difícil. Relatar o caso de um paciente portador de via aérea difícil devido a presença de um mioepitelioma em região de palato duro, demonstrando a importância de um bom planejamento anestésico frente a abordagem e obtenção da via aérea de uma forma definitiva e segura. Para realização do procedimento foi programada uma avaliação previa da via aérea, através de laringoscopia, após bloqueios dos nervos laríngeo superior e recorrente, seguida da obtenção definitiva da mesma através nasofibroscopia, sendo este considerado o método padrão-ouro para aquisição de via aérea difícil. Tendo como base teórica utilizamos um conjunto de obras relacionadas com a temática, tais quais:  Lukte Claudia, Stackhouse Robin, Jeffrey L. Apfelbaum, Carin A. Hagberg, C. Frerk, V.S. Mitchell. O planejamento anestésico adequado através da avaliação e abordagem cuidadosa, com técnicas e materiais apropriados, da via aérea em paciente portador de via aérea difícil, como no do caso acima relatado, tende a alcançar o resultado positivo esperado. No caso relatado o paciente foi avaliado e posteriormente realizada indução anestésica e intubação nasotraqueal sem intercorrência com o ato cirúrgico transcorrendo sem anormalidades.

Publicado
2018-09-04
Como Citar
FARIAS DO VALE JUNIOR, Cleostenes et al. ANESTESIA EM PACIENTE COM MIOEPITELIOMA EM PALATO DURO UTILIZANDO NASOFIBROSCOPIA.. Revista de Ciências da Saúde da Amazônia, [S.l.], n. 1, p. 70-75, set. 2018. ISSN 2447-486X. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/cienciasdasaude/article/view/1153>. Acesso em: 18 set. 2018.