CONTRIBUIÇÕES DA NEUROCIÊNCIA PARA O DESENVOLVIMENTO DAS HABILIDADES ARITMÉTICAS NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA

  • Nicole Francisca Henriques dos Santos Castro
  • Vivilí Maria Silva Gomes

Resumo

A neurociência é fascinante pois possibilita a compreensão de fenômenos que nos definem. No entanto, muitos profissionais da educação se veem no dilema: Como esses conhecimentos podem contribuir para minha prática pedagógica de forma efetiva e eficaz, tanto para o processo como para os resultados? O presente artigo se propõe a apresentar pesquisas sobre o processo de desenvolvimento cerebral, em especial o desenvolvimento das habilidades matemáticas, correlacionando-os a métodos de intervenção possíveis e factíveis no contexto educacional que poderão auxiliar na aprendizagem matemática, com especial atenção à educação inclusiva. Um melhor domínio sobre os mecanismos biológicos da aprendizagem, em especial a aprendizagem matemática, foco deste artigo, se constituem em um suporte metodológico que possibilitará ao educador obter o pleno desenvolvimento de sua ação pedagógica, auxiliando na seleção da melhor estratégia a ser aplicada na educação inclusiva. Os estudos mostrados neste artigo apontam para a relevância da integração entre neurociência e educação matemática e sua contribuição para os desafios presentes na sala de aula, em especial para uma educação mais inclusiva. Para tanto, se faz necessário que a neurociência seja cada vez mais considerada e integrada nas formações iniciais e continuadas

Publicado
2021-03-26
Como Citar
CASTRO, Nicole Francisca Henriques dos Santos; GOMES, Vivilí Maria Silva. CONTRIBUIÇÕES DA NEUROCIÊNCIA PARA O DESENVOLVIMENTO DAS HABILIDADES ARITMÉTICAS NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, [S.l.], v. 15, n. 29, p. 36 - 54, mar. 2021. ISSN 1984-7505. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/arete/article/view/2083>. Acesso em: 22 set. 2021.
Seção
Artigos