A LEITURA DE TEXTOS DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA E A PRODUÇÃO DE HISTÓRIAS EM QUADRINHOS

  • Claudia Almeida Fioresi
  • Marcia Borin da Cunha

Resumo

Uma das funções da mídia é comunicar a Ciência, a linguagem utilizada constitui um gênero discursivo que denominamos Divulgação Científica. As Histórias em Quadrinhos também são consideradas um gênero específico de discurso e que pode ser utilizado como recurso didático para as aulas de Ciências. Inicialmente, trabalhamos com a leitura crítica de dois textos de Divulgação Científica, um sobre o tema “Agrotóxicos” proveniente da Revista Ciência Hoje e outro sobre “Glúten”, da Revista Superinteressante. Após a leitura em sala de aula, os estudantes criaram suas próprias Histórias em Quadrinhos sobre estes assuntos supracitados. Um dos objetivos desta pesquisa foi de investigar se os estudantes utilizaram sua criatividade, criando suas próprias imagens nas histórias produzidas, ou se houve a reprodução das imagens presentes nos textos fornecidos a eles. Os dados iniciais nos levaram a considerar que as imagens do texto sobre os agrotóxicos são mais imparciais, enquanto que o texto sobre glúten apresenta imagens de caráter mais apelativo e sensacionalista. Deste modo, é possível concluir que a linguagem visual, presente nos textos de divulgação científica, pode influenciar na formação de percepções e representações sobre a ciência.

Publicado
2020-01-02
Como Citar
FIORESI, Claudia Almeida; DA CUNHA, Marcia Borin. A LEITURA DE TEXTOS DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA E A PRODUÇÃO DE HISTÓRIAS EM QUADRINHOS. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, [S.l.], v. 12, n. 26, p. 01 - 15, jan. 2020. ISSN 1984-7505. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/arete/article/view/1647>. Acesso em: 14 jul. 2020.
Seção
Artigos