UTILIZAÇÃO DE JOGOS DIDÁTICOS NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM EM BIOLOGIA

  • Gabriela Maciel Alencar UEA
  • Juliana Viana Rodrigues UEA
  • Márcia de Castro Gomes Secretaria de Estado de Educação
  • Cleusa Suzana Oliveira de Araujo UEA

Resumo

O objetivo do trabalho foi avaliar a contribuição de jogos didáticos no processo de ensino-aprendizagem em Biologia através do rendimento médio escolar, por ser a única forma de avaliação quantitativa existente no sistema público. O jogo didático foi escolhido por ser uma importante ferramenta que possibilita maior interação social, desperta a criatividade e potencializa o raciocínio lógico. A pesquisa foi realizada através do PIBID com alunos de 3° ano do Ensino Médio em uma escola pública de Manaus, Amazonas. Foram utilizados jogos didáticos após as aulas teóricas, sendo que o primeiro bimestre serviu como controle e não foi realizada nenhuma atividade prática, no segundo e terceiro bimestres foram aplicados os jogos. Ao final do ano letivo foi comparado o rendimento médio escolar das turmas e foi possível perceber uma melhora nas notas em Biologia. Os alunos também foram avaliados ao longo das atividades práticas e houve melhorias nas respostas dos alunos sobre os conteúdos, na vontade de participar e no cumprimento dos objetivos de cada jogo. A utilização de jogos didáticos juntamente com as aulas teóricas contribuiu para a melhoria do processo de ensino-aprendizagem em Biologia.

Publicado
2019-07-22
Como Citar
ALENCAR, Gabriela Maciel et al. UTILIZAÇÃO DE JOGOS DIDÁTICOS NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM EM BIOLOGIA. Revista Areté | Revista Amazônica de Ensino de Ciências, [S.l.], v. 11, n. 24, p. 216-226, jul. 2019. ISSN 1984-7505. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/arete/article/view/1544>. Acesso em: 05 dez. 2019.
Seção
Artigos