UM ANTI(HERÓI) AMAZÔNICO: A RESISTÊNCIA DOS REGATÕES NOS RIOS DO AMAZONAS

  • Vivian Marangoni UEA
  • Alex Martins UEA
  • Rejane Viana UEA
  • Alessandro Bezerra UEA

Resumo

O artigo analisa o ―estado da arte‖ de comerciantes sui generis que, na Amazônia desde o século XIX, eram conhecidos como regatões. Neste trabalho são discutidas a rotina do trabalho, as dificuldades enfrentadas pelos regatões nos dias atuais para continuarem a exercer suas atividades mercantis pelas calhas dos rios amazônicos. Foram realizadas entrevistas em profundidade envolvendo 5 participantes que posteriormente foram tabuladas e organizadas utilizando análise de conteúdo temática. A despeito da imagem negativa que o regatão carrega consigo desde o Brasil colonial, constatou-se que os regatões enfrentam desafios diversos para manterem-se ―ativos‖ e resistem participando da economia regional amazônica.

Publicado
2018-01-01
Como Citar
MARANGONI, Vivian et al. UM ANTI(HERÓI) AMAZÔNICO: A RESISTÊNCIA DOS REGATÕES NOS RIOS DO AMAZONAS. Amazon Business Research, [S.l.], n. 2, p. 1-21, jan. 2018. Disponível em: <http://periodicos.uea.edu.br/index.php/abr/article/view/1107>. Acesso em: 16 ago. 2018.
Seção
Artigos